ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  23    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

População ainda tem dificuldade para registrar crimes

Quem procura a delegacia espera mais que o habitual para registrar boletim de ocorrência

Por Dayene Paz e Antonio Bispo | 02/04/2024 08:59
Homem espera na Depac Cepol para registrar boletim. (Foto: Henrique Kawaminami)
Homem espera na Depac Cepol para registrar boletim. (Foto: Henrique Kawaminami)

O Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional) da Polícia Civil, onde são registrados os boletins de ocorrência em Mato Grosso do Sul, continua instável na manhã desta terça-feira (2). Por causa disso, na hora de fazer o boletim, a população tem que esperar mais do que o habitual.

É o caso de um homem de 32 anos que teve o celular roubado. Na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) há mais de uma hora, foi informado que o procedimento irá demorar. "Me falaram que o sistema está instável. Eu sabia que iria demorar, porque aqui é sempre cheio, mas não imaginava que fosse tanto. Já vi que vou perder a manhã, mas preciso fazer o B.O”, disse à reportagem.

Outra menina, de 18 anos, também espera para atendimento. "Saiu um servidor dizendo que o sistema está fora do ar e que vai 'demorar muito' para fazer boletim", disse a jovem.

A reportagem também esteve na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), onde também foi informada que o sistema estava "ruim". Contudo, os boletins não estão sendo feitos à mão, como aconteceu nesta segunda-feira (1º).

O dono da Compnet, empresa que criou o Sigo, o empresário Adriano Chiarapa, informou que a instabilidade ocorre por causa de manutenção feita pela SGI (Superintendência de Gestão da Informação) do Governo do Estado. Inclusive, segundo o empresário, alguns sites do governo também chegaram a apresentar instabilidade. A manutenção já estava na fase final na manhã de hoje, mas não há informações de quando o sistema volta ao normal.

Apesar dos relatos, a Sejusp-MS (Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul), em resposta ao questionamento do Campo Grande News, garante que o sistema já está funcionando. "O sistema apresentou instabilidades ontem, mas já está funcionando normalmente".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias