A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/08/2013 11:15

Acusado de furtar carro em 6 minutos, inclusive no HR, é preso pela Polícia

Graziela Rezende
 Fabrício Rodrigo Romero Franco levava apenas 6 minutos para abrir carro. (Foto: Simão Nogueira) Fabrício Rodrigo Romero Franco levava apenas 6 minutos para abrir carro. (Foto: Simão Nogueira)

Seis minutos. É este o tempo que o suspeito de furtar veículos Fabrício Rodrigo Romero Franco, 29 anos, precisava para abrir um veículo com uma chave falsa e destiná-lo a fronteira, onde a moeda de troca seria droga. Integrante de uma quadrilha especialista neste tipo de crime, que inclusive fez inúmeras vítimas no Hospital Regional, ele foi preso juntamente com outro acusado, ontem (29), por policiais da Denar (Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico).

Segundo o delegado João Paulo Sartori, o bando era investigado há algumas semanas. A prisão de Fabrício ocorreu no bairro Portal Caiobá. “Ele foi surpreendido pela Polícia e confessou os furtos. Uma das Blazers que eles levaram foi recuperada e devolvida para a vítima, um homem de 39 anos. Já a outra atravessou a fronteira com o Paraguai”, afirma o delegado.

Fabrício estava com um dos veículos que havia roubado do centro da Capital na quarta-feira (28). 

Segundo a Denar, outro jovem, preso foi Douglas Souza dos Santos, 23 anos. Ele tinha passagem por tráfico e voltou a ser detido, ontem, na rua Átomo, no Jardim Panorama. Ele estava de uma quantia de droga suficiente para fabricar 500 paradinhas de pasta base de cocaína.

Fabrício vai responder por furto qualificado. Douglas foi indiciado por tráfico de drogas. 

(matéria editada para alteração às 17h20)

Douglas Souza foi preso por tráfico de drogas (Foto: Simão Nogueira)Douglas Souza foi preso por tráfico de drogas (Foto: Simão Nogueira)
Chave mixa usada por ladrão para poder roubar os veículos. (Foto: Simão Nogueira)Chave mixa usada por ladrão para poder roubar os veículos. (Foto: Simão Nogueira)


Não é Portal Caiobá e sim Jardim Batistão. Que a justiça de Deus seja feita.
 
Cris silva em 30/08/2013 14:35:34
Porque não mostram os indivíduos de frente? A população tem que conhecê-los!
 
Douglas Silva de Deus em 30/08/2013 12:05:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions