A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

16/11/2010 07:53

Agentes decidem em assembleia se retomam rotina de Unei

Redação

Agentes de medidas socioeducativas decidem em assembleia hoje se a rotina da Unei (Unidade Educacional de Internação) Temporária será retomada depois da rebelião ocorrida sábado, quando três servidores ficaram feridos e 14 infratores fugiram.

A presidente do Sindicato dos Servidores da Administração do Estado de Mato Grosso do Sul, Lílian Fernandes, explica que os servidores podem se recusar a fazer os trabalhos normais, como encaminhar os adolescentes ao banho de sol e desenvolver atividades socioeducativas.

"O objetivo não é discutir o que aconteceu, mas o que poderia ter acontecido. Porque a morte de um dos agentes seria bem mais grave. A maior questão é a segurança no trabalho, por mais que outros fatores, como baixo salário, também existam, a prioridade agora é discutir a segurança dos agentes. A estrutura da Unei é podre. Os adolescentes tiram os ferros da estrutura com a mão", argumenta Lílian.

Cerca de 30 agentes estão reunidos desde às 8 horas, em assembleia feita em frente da Unei Temporária, localizada na saída para Aquidauana.

Eles discutem que medidas serão adotadas depois da última rebelião.

Lílian relembra discussão antiga em relação aos procedimentos dentro da unidade, o uso da tonfa, a única "ferramenta" de trabalho usada pelos agentes e que foi retirada das unidades desde agosto.

"Não tem como ficar como está, sem nenhum instrumento de contenção", conclui Lílian.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions