ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, DOMINGO  03    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Além de MS, operação contra 67 prende "chefões do PCC" em SP

Graziela Rezende | 17/12/2013 10:16
Presos estão sendo levados para Acadepol. Foto: Pedro Peralta
Presos estão sendo levados para Acadepol. Foto: Pedro Peralta

Além de atingir detentos da Capital, de Dourados e Três Lagoas, a operação deflagrada na manhã de hoje (17), para coibir a ação de facções criminosas, também atinge presidiários de São Paulo, de acordo com a assessoria de comunicação do Ministério Público. Identificados como os “chefões” do PCC (Primeiro Comando da Capital), eles estão sendo interrogados e terão a pena agravada por participar de associações criminosas.

Em Campo Grande os detentos, além das armas e porções de droga já apreendidos, estão sendo levados para a sede da Acadepol (Academia de Polícia Civil). Eles prestam depoimento e alguns serão transferidos posteriormente. A conduta dos integrantes e as suas “ramificações” são constante alvo de investigação do Gaeco (Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado), de acordo com o promotor Marcos Alex Vera.

Flagrantes – A Polícia pretende cumprir 67 mandados de prisão e de busca e apreensão, sendo que 50 mandados em três unidades prisionais da Capital, Dourados e Três Lagoas.

De nome "Eríneas" (o nome é uma referência a divindades da mitologia grega, guardiãs da moral e dos valores, que punem transgressores e criminosos), a operação conta com dezenas de policiais militares, do Gaeco, Deco e de outras delegacias que atuam em apoio. O balanço das prisões e apreensões ocorrerá em uma coletiva ás 14h de hoje, na Sejusp.

Nos siga no Google Notícias