A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/02/2010 17:59

Apesar de risco, famílias não são removidas de prédios

Redação

Apesar do risco da erosão avançar, a Prefeitura de Campo Grande descartou remover os moradores de um dos blocos do Condomínio Cachoeirinha 2, residencial de classe média no Jardim dos Estados ameaçado após o temporal de sábado. Dos oito apartamentos no bloco comprometido pela cratera que se abriu, três famílias já deixaram o local.

Segundo o secretário municipal de Governo, Rodrigo Aquino, os dois engenheiros da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte, Trânsito e Habitação descartaram a remoção das famílias. "Eles disseram que não existe risco para o bloco J", garantiu Aquino, sobre o local mais ameaçado.

Com base nesta avaliação, a prefeitura decidiu não remover nenhum dos 400 moradores do local. O secretário afirmou que nesta segunda-feira a prefeitura irá realizar obras emergenciais no local.

Na área do condomínio, operários vão trabalhar na contenção da erosão, com a adoção de medidas para diminuir o grau do talude. A proposta é evitar mais desmoronamentos. E na Avenida Ricardo Brandão, as equipes vão retirar os entulhos do Córrego Prosa.

Risco

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions