A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/09/2013 09:00

Após acidente, médico fica preso e Polícia analisa possibilidade de fiança

Graziela Rezende e Stephanie Romcy

Investigadores já se deslocaram para a Santa Casa da Capital, na manhã deste domingo (9), para descobrir ao certo qual o estado de saúde das duas vítimas “atropeladas” por um médico de 28 anos que dirigia um Elantra, no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Calógeras. Enquanto isso, o autor permanece preso e a Polícia Civil analisa a possibilidade de decretar a fiança.

Segundo os policiais, caso Anauri Ivarras e Carlos Henrique de Souza estejam em estado muito grave, o condutor do Elantra não terá direito a fiança para responder o processo em liberdade. Ou, se as vítimas bem, será estipulado um valor e com o pagamento ele será liberado.

Acidente: Parado no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Calógeras na manhã de hoje, enquanto o sinal permanecia vermelho, o piloto de uma moto Honda Strada, Anaury e o garupa Carlos Henrique foram "atropelados" pelo condutor de um veículo Elantra, que estaria em alta velocidade e embriagado.

Segundo a Polícia, o motorista não parou no sinal vermelho e com a batida, o piloto foi parar no teto do carro e o outro a 20 metros do local do acidente.

Os três foram levados para a Santa Casa, sendo que apenas Carlos permanece internado em estado mais grave. O motorista, neste momento está na delegacia, principalmente porque ele realizou o teste do bafômetro e foi constatada a embriaguez no volante.

Testemunhas disseram à Polícia que as vítimas estavam trabalhando em uma boate da região central e voltavam para casa, aguardando o semáforo, quando ocorreu o acidente. Com a colisão, eles ainda disseram que a motocicleta ficou destruída, inclusive sendo o motor arrancado e sobrando apenas o “esqueleto”.



Se fosse pobre ficaria preso, rico paga e fica livre, e esse dinheiro da fiança, vai para quem?
 
daniela dias em 09/09/2013 01:38:52
No meu pensar, acho que não deveria existir esse negócio de pagar fiança, neste caso o médico só ficara preso se as vitimas estiverem correndo risco de vida, estiverem em estado grave...nada justifica o médico atropelouu, tava bebado pq foi constatado no teste, teria q fica preso sim independente do estado de saúde da vitimas....riquinhos sempre se dando bem, o justiça falha viuu!!!indignada
 
Andreia Rocha em 08/09/2013 10:45:47
é rico sabe o que vai dar???????????????? em nada quem vai sofrer são os caras da moto este é nosso BRASIL a cada feriado é o que se ve vergonha
 
vinicius marques em 08/09/2013 09:33:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions