A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/06/2013 10:28

Aquidauana fica sem transporte coletivo por causa de dívida da prefeitura

Leonardo Rocha
Empresa quer receber dívida feita na gestão anterior (Foto: divulgação)Empresa quer receber dívida feita na gestão anterior (Foto: divulgação)

O transporte público coletivo de Aquidauana está parado desde o dia 14 de junho, em função de uma dívida da prefeitura com a empresa responsável pelo setor. De acordo com o empresário Ariel de Barros, dono da empresa Expresso Pantaneira, o executivo municipal deve R$ 52 mil referente a passes de ônibus comprados no ano passado, que não foram pagos pela atual gestão.

Ariel destacou que o ex-prefeito Fauzi Suleiman (PMDB) comprava passes de ônibus para serem distribuídos para população mais carente, no entanto ele deixou o último pagamento para ser feito neste ano, pois havia vencido as eleições na cidade. “Ele foi cassado e a dívida foi repassada a nova administração que até hoje não pagou este valor”, explicou ele.

Segundo o empresário, após diversas conversas com o atual prefeito Zé Henrique Trindade (PDT), não se chegou a um acordo sobre o pagamento, além do fato da prefeitura não comprar mais “passes” adicionais a população. “Além da dívida, o serviço ficou inviável, pois a cidade é pequena e cada ônibus que tinha 20 pessoas começou a ter apenas quatro ou cinco”, ressaltou ele.

De acordo com Barros, existem várias pessoas carentes que usavam o transporte e estão desamparadas, além do fato destas não terem grupos para fazer protestos ou reivindicações. “Nós montamos nossa estrutura e agora fomos abandonados, as pessoas querem o transporte se tivessem um grupo unido iriam protestar na prefeitura”, destacou.

A empresa Expresso Pantaneira estava a dois anos na cidade, ela participou de licitação e venceu a concorrência para o transporte público na gestão do ex-prefeito Fauzi Suleiman.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions