A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

07/08/2015 23:57

Campanha quer sensibilizar população sobre câncer de mama metastático

Thiago de Souza

A Campanha Por Mais Tempo, pretende sensibilizar a sociedade sobre o câncer de mama metastático (aquele quando o tumor atinge outros órgãos do corpo) e disseminar o conhecimento da população sobre a doença e discutir a necessidade de tratamentos mais adequados no Sistema Único de Saúde.

Para embasar a campanha, e trazer dados recentes sobre a doença, uma pesquisa foi realizada pela Femama, Instituto Oncoguia e pela Roche. 2907 pessoas, entre homens e mulheres, com 25 ou mais anos de idade e que nunca tiveram nenhum tipo de câncer foram ouvidas. A coleta de dados abrangeu todas as classes econômicas, entre março e abril de 2015, em 174 cidades, das cinco regiões do pais.

No Brasil, de todos os novos casos de câncer diagnosticados anualmente, o câncer de mama representa 22%. Estimativas do INCA (Instituto Nacional do Câncer) apontam 57 mil novos casos da doença em 2015. Hoje, sabe-se que aproximadamente 50% das pacientes atendidas pelo sistema público de saúde no Brasil descobrem a doença em estágio avançado.

De acordo com Maria Caleffi, presidente da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), com a perspectiva crescente das pacientes viverem mais com o câncer de mama mesmo nos estágios mais avançados, o debate sobre câncer de mama metastático se torna cada vez mais relevante.

“Precisamos tornar esses avanços da medicina acessíveis a todas as pacientes com câncer de mama metastático. Essas mulheres hoje vivem a dura realidade de lutar contra o tumor e pelo direito de viver mais”, afirma Luciana Holtz, presidente do Instituto Oncoguia e idealizadora da campanha. 

A Campanha Por Mais Tempo quer ampliar o debate e mobilizar toda a sociedade para participar desse movimento e ajudar as mulheres com câncer de mama metastático a viver mais. Uma petição solicita ao Ministério da Saúde a incorporação de tratamentos mais adequados para as pacientes com câncer de mama metastático. A petição está disponível no link www.pormaistempo.com.br.

 

Detento diagnosticado com câncer de boca morre de parada cardíaca no HR
Joel Vallejo de Souza, de 40 anos, detendo do presídio de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, morreu na madrugada de hoje, vítima de uma para...
Começa na segunda-feira prazo para alunos da UEMS fazerem rematrícula
Quem já é aluno da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) tem prazo de segunda-feira, 22 de janeiro, até a 3 de fevereiro para confirmar ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions