ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Confusão com um morto e 4 baleados envolveu dois PMs e uma policial civil

Por Ana Paula Carvalho e Viviane Oliveira | 01/01/2012 11:56

Os três policiais são irmãos. Um deles invadiu a casa onde 11 pessoas festejavam o ano novo.

Márcio ficou ferido após briga com PM (Foto: Simão Nogueira)
Márcio ficou ferido após briga com PM (Foto: Simão Nogueira)

A confusão na madrugada deste domingo no bairro dos Pioneiros que resultou na morte de Wilson Meaurio, de 41 anos, e em mais quatro pessoas baleadas, entre elas uma criança, de 10 anos, teve o envolvimento de dois policiais militares e uma polícia civil. Os três são irmãos.

De acordo com a delegada Fernanda Félix, a policial foi autuada por disparo de arma de fogo em via pública, o PM, identificado apenas como Samuel foi autuado por tentativa de homicídio e o homicídio. O terceiro policial, identificado como Rodrigo, presta depoimento.

Ainda segundo a delegada, três pistolas .40 foram apreendidas e passarão por perícia.

De acordo com Darlene Monteiro Pereira, de 41 anos, cunhada de Wilson, a festa já havia acabado quando a confusão aconteceu. Segundo ela, a vítima e o filho Márcio Pereira Soares, de 22 anos, estavam na esquina quando o PM Samuel, aparentemente embriagado, freou o carro que dirigia em cima dos dois. Márcio e o policial entraram em luta corporal. Os dois ficaram bastante machucados.

Também exaltados pelo consumo de bebida alcoólica, alguns integrantes da festa quebraram o carro. O policial buscou a pistola, ainda não há informação se ele foi em casa ou se pegou no carro, e invadiu a residência onde estavam 11 pessoas atirando.

Wilson foi atingido no peito, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. Também foram baleados, Ionar Marília Monteiro Pereira, de 37 anos, ex-mulher de Wilson, os filhos do casal, Maikson Pereira Meaurio, de15 anos e Maysson Pereira Meaurio, de 10 anos. O sobrinho deles Mateus Quirino Pereira Dias, de 16 anos, também foi baleado. Todos estão internados na Santa Casa.

A criança, de 10 anos, aguarda para passar por cirurgia. Na casa também estava a Vanessa Pereira Meaurio, de 23 anos, grávida de nove meses.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário