A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/01/2012 11:56

Confusão com um morto e 4 baleados envolveu dois PMs e uma policial civil

Ana Paula Carvalho e Viviane Oliveira

Os três policiais são irmãos. Um deles invadiu a casa onde 11 pessoas festejavam o ano novo.

Márcio ficou ferido após briga com PM (Foto: Simão Nogueira)Márcio ficou ferido após briga com PM (Foto: Simão Nogueira)

A confusão na madrugada deste domingo no bairro dos Pioneiros que resultou na morte de Wilson Meaurio, de 41 anos, e em mais quatro pessoas baleadas, entre elas uma criança, de 10 anos, teve o envolvimento de dois policiais militares e uma polícia civil. Os três são irmãos.

De acordo com a delegada Fernanda Félix, a policial foi autuada por disparo de arma de fogo em via pública, o PM, identificado apenas como Samuel foi autuado por tentativa de homicídio e o homicídio. O terceiro policial, identificado como Rodrigo, presta depoimento.

Ainda segundo a delegada, três pistolas .40 foram apreendidas e passarão por perícia.

De acordo com Darlene Monteiro Pereira, de 41 anos, cunhada de Wilson, a festa já havia acabado quando a confusão aconteceu. Segundo ela, a vítima e o filho Márcio Pereira Soares, de 22 anos, estavam na esquina quando o PM Samuel, aparentemente embriagado, freou o carro que dirigia em cima dos dois. Márcio e o policial entraram em luta corporal. Os dois ficaram bastante machucados.

Também exaltados pelo consumo de bebida alcoólica, alguns integrantes da festa quebraram o carro. O policial buscou a pistola, ainda não há informação se ele foi em casa ou se pegou no carro, e invadiu a residência onde estavam 11 pessoas atirando.

Wilson foi atingido no peito, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. Também foram baleados, Ionar Marília Monteiro Pereira, de 37 anos, ex-mulher de Wilson, os filhos do casal, Maikson Pereira Meaurio, de15 anos e Maysson Pereira Meaurio, de 10 anos. O sobrinho deles Mateus Quirino Pereira Dias, de 16 anos, também foi baleado. Todos estão internados na Santa Casa.

A criança, de 10 anos, aguarda para passar por cirurgia. Na casa também estava a Vanessa Pereira Meaurio, de 23 anos, grávida de nove meses.



Rafael Costa, não vamos generalizar, hoje voce pode ser um bom cidadão, de familia, porque o presente e agora, o futuro não sabemos da nossa atitude, portanto antes de colocar sua avaliação, refletir antes. aquele ditado ¨"olhe para espelho antes de julgar o próximo".
 
Aparecida da Silva em 11/01/2012 04:17:32
Nota Zero para Segurança Pública de Campo Grande alvejar crianças, mulheres, jovens e ainda matar. Repito! segurança da sociedade esta totalmente despreparada para agir em situações de risco não adianta a única defesa que a sociedade tem e que pode se acolher e confiar são as Forças Armadas do Brasil a única que defende o povo brasileiro a única que esta preparada.
 
Rafael Costa em 02/01/2012 11:38:24
Isso é uma vergonha! Segurança pública totalmente despreparada, não justifica alvejar crianças, mulheres e jovens. Nota zero para segurança Pública de Campo Grande !
 
rafael costa da silva em 02/01/2012 11:26:37
Sempre observo estas datas de festas e comemorações

Natal que por sua essência devias ser dia de benções

Transformaram em cachaçadas e mortes de muitos irmãos

Antigamente se usavas do amor e devoções



Eras festas de verdade com rezas e orações

Ficavam em volta da mesa e seguravam se mãos

Elevavam o pensamento e a deus pediam perdão

Neste presente eu vejo como mudou meu irmão



São mortes que até assustam por causa dos beberrões

Enche a cara de cachaça e saem em seus carrões

Fazendo barbaridades e a lei não tem punição

Outros matam por discórdias sempre com álcool na mão



Comparando as estatísticas que chegam depois das festas

Parece guerra que ocorrem ou outras de muitas mortes

Se existes outras vidas fico mesmo a pensar

Que aniversario é este que muitos se vão matar...



Nas rodovias se matam em velocidade a abusar

Nas cidades se rebentão em postes e em outros lugares

Sempre largados no álcool e as famílias a se desmanchar

Serás que o aniversariante destas festas vai gostar?



Como pode o ser humano gente se considerar

Matam-se como animais e depois ficam a chorar

Reclamando que a bebida seus cérebros fez cozinhar...

E agora o aniversariante o que vai comemorar...



Jesus amigo querido que um dia vá me julgar

Melhor seria amigo de festas não precisar

Nas comemorações de hoje tristezas vejo sobrar

Família despedaçada que vê seus filhos chorar...



Eu não sei o que fazer nestas tristes situações

Mas te peço meu amigo ou mesmo meu grande irmão

Ao celebrar o nascimento do cristo Jesus então...

Esqueças destas bebidas que a mortes trazem aos montões.



Ficam aqui minhas verdades que faço em comparação

O aniversariante te pedes cautelas em suas mãos

Deixes viverem outras vidas e recebas como benção

O abraço abençoado deste teu simples irmão...

(ZILDO 16/12/11)
 
zildo de oliveira barros em 01/01/2012 11:52:07
Parabéns! Começam o ano já com violência e tudo mais. É incrivel como as pessoas passam pela vida sem aprender nada, absolutamente nada.
 
Ana Cristina Ferreira em 01/01/2012 11:30:17
Essa é a nossa segurança!!!
Vamos confiar em quem???
Que vergonha...
 
Nadiane Karoline da Silva em 01/01/2012 06:02:50
Bebedeira em família sempre acaba assim,com violência.Não poderiam simplesmente apartar a briga e acalmar os ânimos,mas como eram parentes e maioria,resolveram bater no policial e quebrarem o carro dele,agora o culpado é o policial,por ter passado nessa rua e quase,vejam bem quase ter atropelado os donos da rua que se encontravam nela. Resultado policiais presos um morto e vários feridos.
 
arivaldo paiva em 01/01/2012 05:58:46
Muita covardia desse policial, não está preparado para situações que exigem muito equilibrio, pelo jeito estava bebado e com uma arma na mão virou um leão. E tirou uma vida sera que o ego dele está satisfeito?
 
jose carlos em 01/01/2012 01:22:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions