ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 33º

Capital

Acidente na Rachid Neder teve carro no canteiro, dois presos e tiros de borracha

Passageiro disse que era advogado e tentou impedir prisão de motorista alcoolizado

Por Clayton Neves | 10/08/2020 07:25
Veículo capotado no meio de uma das pistas da avenida. (Foto: Direto das Ruas)
Veículo capotado no meio de uma das pistas da avenida. (Foto: Direto das Ruas)

Capotagem que interditou uma das pistas da Avenida Rachid Neder na noite deste domingo (19) foi provocada por motorista de 37 anos, preso por apresentar sinais de embriaguez. O passageiro do veículo, de 35 anos, tentou impedir a prisão do amigo, foi atingido por tiros de borracha e também acabou detido.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, o condutor do Renault Sandero seguia na avenida quando, próximo a Rua José Antônio,  perdeu o controle da direção, bateu em uma árvore e capotou. Quando policiais de trânsito chegaram ao local, notaram visível estado de embriaguez no condutor, que se negou a responder perguntas feitas pelos agentes. Ele recebeu voz de prisão e foi colocado no banco traseiro da viatura.

Ao ver que o amigo havia sido detido, o passageiro do carro disse que era advogado e que a equipe de polícia estava cometendo abuso contra o suspeito. Ele se recusou a apresentar identificação profissional e afirmou que os militares não levariam o motorista embriagado.

No momento em que a equipe seguia para a delegacia, o homem foi em direção a viatura  para tentar impedir a passagem dos policiais. Ele foi atingido por dois tiros de borracha nas pernas, e também acabou detido junto com o amigo.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Regras de comentário