A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/11/2011 13:36

Agentes de saúde trocam mochilas pesadas por computadores portáteis

Paula Vitorino

Treinamento está capacitando profissionais para substituir formulários por sistema de computadores

Agentes de saúde estão recebendo treinamento para utilizar computadores. (Foto: Pedro Peralta)Agentes de saúde estão recebendo treinamento para utilizar computadores. (Foto: Pedro Peralta)

Os 1.300 agentes de saúde de Campo Grande estão recebendo treinamento para trocar a pilha de formulários utilizados nos trabalhos diários por um computador portátil. A troca é um alívio para as costas dos agentes, que estimam deixar a mochila cerca de 10 quilos mais leve.

“É um alívio, porque querendo ou não são pelo menos 10 quilos a menos nas costas. Isso pra quem anda uma manhã inteira ou uma tarde toda é muito bom”, diz o agente de saúde Antônio Marcos da Silva, de 34 anos.

Os agentes trabalham percorrendo as residências de todos os bairros da Capital, diariamente, divididos por setores. Na mochila, eles levam os materiais de trabalho, que são: uma balança pequena para pesar crianças de até 5 anos e os formulários de cada um dos moradores atendidos, que formam pilhas de papéis.

Agora, eles terão de carregar nas mochilas a balança e o computador portátil. Os equipamentos estão sendo entregues para os agentes logo após o treinamento, que tem duração de 1 dia.

A capacitação acontece desde segunda-feira (21) e terminará no dia 9 de dezembro. A cada dia, um grupo de cerca de 50 profissionais participa do treinamento e recebe os computadores portáteis.

Melhoria - A inserção dos equipamentos nos trabalhos também deve beneficiar a população. Segundo a coordenadora de Tecnologia de Informação da Sesau, Luzia Alencar, o uso da tecnologia vai melhorar a qualidade dos dados coletados e agilizar o registro.

Antes, os dados coletados pelos agentes eram repassados para outra equipe responsável por digitalizar o material. “Era mais suscetível a erros nesse repasse, agora não, será feito tudo na hora”, diz.

O agente vai registrar os dados diretamente no computador, que será interligado a rede de dados da unidade de saúde de sua região de trabalho. O agente já recebe o computador configurado com o sistema de registro.

Com o computador, o agente também poderá marcar na hora as consultas médicas para os pacientes com problemas de mobilidade.

Segurança - Os computadores são de responsabilidade dos agentes, que terão de zelar pela conservação dos equipamentos.

A preocupação dos profissionais é em relação a roubos e furtos, principalmente no trabalho em bairros considerados violentos.

“Eu sou responsável pelo equipamento, então, não vou usá-lo em um local que não for seguro. Cada um sabe aonde vai no dia e muitas vezes vamos em casas que são boca de fumo, por exemplo, é nosso trabalho percorrer todas as residências”, diz um agente de saúde, que prefere ter algum formulário na mochila para casos de emergências.



- É a relação do custo-beneficio, se ficarmos preocupados com possiveis roubos deixaremos de trabalhar. Parabens aos ACS, voces merecem, aliás os ACE e ASP tambem o merecem, dada a carga de trabalho sob o sol escaldante de todos os dias. Parabéns à SESAU pela iniciativa. E vamos pensar nos demais agentes que ainda não foram agraciados.
 
Zuza Ratier em 24/11/2011 10:26:35
é seria muito bom aliviar o pêso das costas dos agentes, mas por outro lado, se não tiver algum meio de evitar roubos, vai ter muitos agentes sendo assaltado. Pensem nisso, antes de liberarem os aparelhos.
 
terezinha pompeo em 24/11/2011 05:07:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions