ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Anac suspendeu empresa de táxi aéreo por não cumprir requisitos

Por Aline dos Santos | 30/03/2016 13:22

A empresa Mato Grosso do Sul Táxi Aéreo Ltda teve certificado suspenso por não comprovar uma série de requisitos obrigatórios para funcionamento. A suspensão do Cheta (Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo) foi publicada na edição de ontem (dia 29) do Diário Oficial da União.

De acordo com a assessoria de imprensa da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), os motivos foram: inconsistências na comprovação da realização do programa de treinamento, inexistência de um sistema de gerenciamento de segurança operacional e a desatualização do Plano de Resposta à Emergências. Conforme a agência, a empresa fica impossibilitada de realizar operações até solucionar as pendências.

Ontem, a reportagem entrou em contato com a Mato Grosso do Sul Táxi Aéreo, localizada em Campo Grande, e foi informada de que a decisão afeta parcialmente as operações. No mês passado, a empresa de táxi aéreo foi uma das vencedoras do pregão do governo do Estado para locação de aeronaves.