A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

01/01/2019 11:33

Apesar de alerta de motim, clima no 1° dia do ano em presídio é tranquilo

Mirian Machado
Presídio de Segurança Máxima nesta manhã sem movimentação (Foto: Mirian Machado)Presídio de Segurança Máxima nesta manhã sem movimentação (Foto: Mirian Machado)

Nesta segunda-feira (31) foi emitido um alerta para risco de rebelião nos principais presídios da Capital, mas pela manhã (1°) o clima era tranquilo no complexo penitenciário. A reportagem esteve na unidade de Segurança Máxima, mas a única movimentação no local era dos próprios militares que ficam na entrada do local.

Alguns militares que ficam na guarita do prédio informaram que viaturas do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar chegam a rodear o complexo, mas sem necessidade de intervenção. Hoje apenas o Presídio Militar está recebendo visitas, que ocorriam pouquíssimas vezes.

Alerta- O Sinsap (Sindicato dos Agentes Penitenciários de Mato Grosso do Sul) foi quem emitiu o alerta. A Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça Segurança e Pública) afirma que situação está tranquila e não há possibilidades de confusões.

De acordo com o sindicato, há armas brancas e caseiras e a possibilidade é que a rebelião começasse simultaneamente partir da meia noite. Para tentar impedir os motins, o sindicato pediu à Sejusp que seja reforçado o esquema de segurança nos presídios e altere a rotina nas unidades.

O secretário Antônio Carlos Videira explicou que não há possibilidade nenhuma de alguma confusão dentro dos presídios. “O clima está tranquilo, estamos em contato com os diretores das unidades e está tudo sob controle”, afirma.

Ele ainda completa que todo ano, em datas que é considerada de risco, como Natal, Ano Novo, Páscoa e Dia das Mães, o esquema de segurança já é reforçado e atualmente 150 policiais estão de prontidão caso algo saia do controle.

 

Motorista de aplicativo 'arranca' com veículo e foge com celular de passageira
Uma mulher de 50 anos procurou a polícia na noite de segunda-feira (22) após ter o celular furtado por um motorista de aplicativo em Campo Grande. O ...
Homem será julgado 15 dias após matar colega com golpe de 'picareta' na cabeça
Quinze anos depois de ter matado Olegário Gimenes com um golpe de picareta na cabeça, Amilton Maidana, de 65 anos, será julgado nesta terça-feira (23...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions