A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

23/08/2019 09:01

Após assassinato, moradores dizem que tabacaria é "tragédia anunciada"

Rapaz de 18 anos foi morto a tiros nesta madrugada após briga com suspeito

Kerolyn Araújo
Tabacaria já foi palco de outros crimes. (Foto: Henrique Kawaminami)Tabacaria já foi palco de outros crimes. (Foto: Henrique Kawaminami)

Local violento e ponto de tragédia anunciada. É assim que moradores definem a tabacaria onde Erick Vinícus Leite Messias, 18 anos, foi morto a tiros na madrugada desta sexta-feira (23) no bairro Moreninha II, em Campo Grande.

Ao Campo Grande News, um morador de 48 anos, que não quis se identificar, contou que não é a primeira vez que o local é palco de tragédia. Há algumas semanas atrás, um rapaz foi esfaqueado e há dois meses, um outro baleado na tabacaria. ''Virou ponto de consumo de drogas e bebedeira. Brigas são constantes naquele lugar. É ponto de tragédia anunciada", disse.

Outra moradora da região, de 38 anos, relatou que acordou durante a madrugada com barulho. ''Acordei com uma gritaria e depois cessou. Fui ver o que era e fiquei sabendo do que aconteceu. Não consegui dormir mais", comentou.

Segundo a morada, o local abre de segunda a segunda e o barulho é constante das 20h às 8h. ''É muito barulho e bagunça, ninguém consegue dormir", disse. Ainda segundo a mulher, o local é frequentado, principalmente, por adolescentes.

A reportagem tentou contato com o dono do estabelecimento, mas ele não foi localizado.

O caso - O crime ocorreu por volta das 3h desta sexta-feira. Erick estava na tabacaria, quando se envolveu em uma briga com um rapaz identificado como Henrique. O autor deixou o local e voltou armado, disparando contra a vítima.

Erick foi ferido por um tiro no tórax, foi socorrido, mas morreu antes de dar entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Moreninha. O autor dos disparos não foi localizado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions