A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/01/2014 22:03

Após vistoria e demora em certificação, Ministério libera verba para a Capital

Vinícius Squinelo

Após visita no ano passado e vistoria da equipe técnica do Ministério da Saúde em três UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande, a Prefeitura de Campo Grande, passa a receber R$ 450 mil mensais para custeio de manutenção da UPA Universitário.

A visita dos técnicos do Ministério da Saúde ocorreu em maio de 2013. O aumento no repasse acabou “travado” por meses por falta de adequações nas unidades de saúde. Em agosto do ano passado, o repasse anual feito pelo Ministério da Saúde à Prefeitura para manter as UPAs da Capital já poderia ter aumentado de R$ 2,1 milhões para R$ 13,2 milhões.

Conforme nota divulgada hoje (6) no site da prefeitura, com o reajuste, o valor atual repassado pelo Ministério chega agora R$ 5,4 milhões anual, um aumento de 74,1% em relação ao montante anterior, de R$ 3,15 milhões. Mesmo assim, representa somente 40,9% do que o município poderia receber.

A verba visa melhorar e ampliar o atendimento oferecido à população assistida pelo SUS (Sistema Único de Saúde). A portaria nº 3.335, que determina o repasse está publicada no Diário Oficial da União do dia 31 de dezembro de 2013.

Ainda segundo a nota da administração municipal, a prefeitura seguiu as orientações do Ministério da Saúde, e o projeto foi iniciado pela rede de urgência e emergência, com o processo de habilitação e qualificação da UPAs, garantindo mais recursos da União para as Unidades de Pronto Atendimento. Segundo o coordenador do Serviço de Urgência e Emergência, Cristiano Campos Lara, com o repasse será ampliado o número de servidores da rede, melhorando o atendimento oferecido à população.

Além de aumentar o valor do repasse mensal para a UPA Universitário, a Portaria do Ministério da Saúde confirma o repasse de R$ 875 mil, pagos em parcela única, que serão usados para modernização da unidade, que será possível a partir da aquisição de equipamentos e reforma do prédio.

Qualificação – Durante a visita, os técnicos do Ministério da Saúde informaram que Campo Grande oferece serviços além do que estabelecem a portaria nº 1020 de 2009. Salas de vacina e farmácia deverão atender apenas casos de urgência e emergência, conforme estabelece a Portaria do Ministério da Saúde.

Além das UPAs Coronel Antonino, Vila Almeida e Universitário, os técnicos do Ministério da Saúde visitaram as obras de três novas Unidades de Pronto Atendimento: UPA Moreninhas, UPA Santa Mônica e UPA Jardim Leblon. 

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions