A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

05/07/2016 14:08

Baderna nos ônibus são frequentes e ainda sem solução, diz empresário

Mara Riveiros
Uma das linhas mais problemáticas é a da região das Moreninhas e Aero Rancho ( foto: Marcos Ermínio)Uma das linhas mais problemáticas é a da região das Moreninhas e Aero Rancho ( foto: Marcos Ermínio)

Casos de baderna, confusão e até mesmo de surfe em cima de ônibus, principalmente aos domingos em pelo menos duas rotas que passam nas imediações do Shopping Campo Grande, se tornaram problema frequente para o Consórcio Guaicurus, responsável pelo sistema de transporte coletivo em Campo Grande. Segundo o diretor da empresa, João Resende, um problema ainda sem solução.

Resende conta que diversas reuniões já foram feitas entre o consórcio, Guarda Municipal, administração do Shopping Campo Grande e Promotoria de Justiça de Mato Grosso do Sul para tentar resolver o problema. De efetivo, até agora, não foi encontrada alternativa que possa acabar com este tipo de ocorrência.

Uma das medidas usadas foi tentar fracionar as paradas de ônibus aos fins de semana na região do shopping. O que diminuiu as incidências, mas não resolve, segundo Resende. 

A orientação que os motoristas recebem da empresa é de, quando houver algum tipo de problema no interior dos ônibus, eles devem procurar ajuda do Corpo de Bombeiros ou da polícia. Como foi feito no domingo (3), quando pelo menos 60 adolescentes estavam tumultuando o trajeto do itinerário Moreninhas/Shopping Campo Grande, o motorista mudou de rota e levou os envolvidos para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Esta não foi a primeira vez que o motorista, funcionário na empresa há um ano e meio, teve que tomar essa atitude. As confusões, de acordo com o diretor do consórcio, acontecem na maioria aos fins de semana, feriados ou quando há algum evento próximo à região do shopping, as linhas mais problemáticas são as que fazem o trajeto do bairro Moreninhas e Aero Rancho.

Caso recente -Cerca de 60 jovens estavam agitados e ainda usavam entorpecentes dentro do veículo, segundo o motorista. As imagens desse caso foram divulgadas nesta segunda-feira (4) pelo Consórcio Guaicurus, responsável pelo transporte coletivo de Campo Grande.De acordo com a Polícia Militar, o motorista do ônibus  mudou sua rota e parou na delegacia, onde uma guarnição da PM estava, para tentar acabar com a confusão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions