A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/03/2014 18:46

Baleado na Vila Ieda morre e amigos suspeitam que crime foi por engano

Lidiane Kober e Filipe Prado
João foi atingido por dois tiros nas costas (Foto: Cleber Gellio)João foi atingido por dois tiros nas costas (Foto: Cleber Gellio)

Baleado por volta das 15h30 em escritório, localizado na Vila Ieda, João Ricardo Gervázio Júnior, de 27 anos, morreu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário), do Bairro Universitário, logo depois de ser socorrido. Amigos suspeitam que o crime ocorreu por engano.

Conforme informações preliminares, o jovem, que trabalhava no escritório com o irmão da namorada, foi atender um chamado pelo cunhado. Ao se deparar com o criminoso, ele viu a arma e, assustado, saiu correndo. Em resposta, o bandido acertou dois tiros nas costas da vítima.

Segundo amigos, que preferiram não se identificar, João era de Mato Grosso e estava a menos de um ano em Campo Grande. Ele planejava voltar ao Estado natal para casar com a namorada. Os dois passaram em concurso do Corpo de Bombeiros do Estado vizinho.

O crime - Conforme testemunhas, um homem vestindo bermuda e camiseta regata entrou no local de trabalho de João, efetuou dois disparos e saiu correndo. Na hora, a Rua Montenegro estava movimentada. “Tinham pessoas até lavando a calçada”, contou a vizinha Evelyn Freitas, 42, que ouviu “barulhos muito fortes” e saiu para ver o que tinha acontecido.

A vítima estava consciente e caída no chão do imóvel quando o Corpo de Bombeiros chegou para atender a ocorrência. Segundo o sargento Cacildo Benites, João foi atingido por dois tiros nas costas, um próximo ao pulmão e outro próximo à coluna.

 



[...] Ontem foi um de 27, hoje um de 40, amanhã um com 90 e isso não para.
Ter que ser confrontado com essa realidade dói e incomoda demais, é muito triste ver uma vida ser ceifada com tanta rapidez e menosprezo. Mesmo que seja cômico dizer isso, mas espero ainda o dia em que meus olhos prestigiarão uma CG, um MS, um Brasil e um Mundo transformado para o bem. Ou será que realmente terei que me conformar em ver tudo ser destruído e construído novamente? Espero que não! #ESPEROQUEROELUTAREIPORDIASMELHORESPARAOMUNDO
 
Lucas Iester Pereira Ipólito em 19/03/2014 09:39:00
É lastimável, indigestível e inaceitável ler tal notícia em um século onde há tantos avanços tecnológicos, tantas teorias encantadoras, tanto moralismo e acima de tudo tantas promessas não cumpridas. Até quando essa raça que se diz racional passará por situações desse tipo? Até quando esse lugar que se chama Brasil, viverá de belos discursos moralistas? Até quando fingiremos que caminhamos com “Ordem e progresso”? Até quando haverá essas imposições sociais? Até quando? Até quando?...
O engraçado, é que sempre que acontece algo do tipo, queremos encontrar o culpado, mas ninguém pensa em achar uma solução para o término de tanta maldade. Será que essa corja de governantes brasileiros são tão hipócritas e cegos, ao ponto de não verem uma simples realidade perante o nariz? [...]
 
Lucas Iester Pereira Ipólito em 19/03/2014 09:37:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions