A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

04/07/2019 19:33

Bandidos invadem residência e levam aparelhos auditivos de menino autista

Adriano Fernandes e Kisie Ainoã
Aparelho semelhante ao usado pelo garoto. (Foto: Divulgação) Aparelho semelhante ao usado pelo garoto. (Foto: Divulgação)

Bandidos invadiram uma residência do Bairro Nova Lima, esta tarde (04) e fugiram levando móveis, roupas, alimentos e até mesmo um aparelho auditivo do pequeno João Gabriel Neto, de apenas 5 anos. Caros, os implantes são indispensáveis para melhorar a audição, mas também a rotina do menino que é autista e tem paralisia cerebral.

Marciana Cássia Neto, de 30 anos, mãe do garoto, conta que era por volta das 15h20 quando houve a invação. “Ele e a irmã estavam na casa dos meus pais ao lado da minha, enquanto eu ia para o dentista. Quando minha filha voltou para casa e chegou no portão já notou o cadeado estourado e a porta arrombada”, detalha enquanto aguardava para registrar o boletim de ocorrência sobre o caso. 

Marciana relata que ao retornar para a residência, mesmo ao se deparar com o imóvel todo revirada, nada preocupou mais do que a possibilidade do furto dos aparelhos do tipo coclear, da criança. Foram levadas também uma televisão, notebook, roupas, caixas de som, entre outros objetos.

 

Marciana, mãe da criança, durante o registro do boletim de ocorrência, esta noite. (Foto: Kisie Ainoã) Marciana, mãe da criança, durante o registro do boletim de ocorrência, esta noite. (Foto: Kisie Ainoã)

“Quando eu cheguei e dei falta do aparelho, desabei. Ele não ouve sem ele, é um aparelho especial e muito caro”, lamenta. João estava com o aparelho desde abril do ano passado. Indicado para pessoas com perda auditiva de grau severo o aparelho é instalado após um cirurgia específica para cada paciente. Dois implantes foram levados, um deles era emprestado.

“Se não achar eu vou ter que pagar e ele terá de passar por um novo procedimento para colocar outro”, completa. A família pede para que se alguém recuperar os aparelhos, entrar em contato com a polícia, indo a qualquer delegacia. 

O Campo Grande News também recebe denúncias pelo Direto das Ruas no WhatsApp (67) 99955-2040. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions