A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/09/2015 15:05

Bernal mantém no cargo coordenadora responsável pela "mudança" do Centro

Ricardo Campos Jr.
Catiana Sabadin continua na Central de Projetos (Foto: Kleber Clajus / arquivo)Catiana Sabadin continua na Central de Projetos (Foto: Kleber Clajus / arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) decidiu manter Catiana Sabadin Zamarrenho, como coordenadora especial da Central de Projetos da Capital. O órgão tem a função de auxiliar as secretarias do município na captação de recursos federais e internacionais, sendo responsável principalmente pela parte burocrática desses processos. A nomeação da gestora foi publicada na edição desta quarta-feira (16) do Diário Oficial.

Projetos importantes para a cidade estão nas mãos dela, como o Reviva Centro e a construção do viaduto na Avenida Costa e Silva. Ambos terão verbas federais do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e o primeiro ainda terá aporte do BID (Banco Internacional de Desenvolvimento).

Catiana espera que Bernal também mantenha a equipe que trabalha com ela no órgão. “O prefeito teve muita consciência em manter o núcleo. É um trabalho que não pode ter interrupção e envolve pessoas capacitadas”, afirma.

Melhorias – O projeto que promete “mudar a cara” da região central será um dos principais desafios da gestora. Segundo ela, a entidade internacional já encaminhou a minuta do contrato para análise. “Precisamos cumprir com a documentação para fechar a assinatura”, explica.

A previsão e encaminhar os papéis até o fim desta semana para que eles sejam analisados pelo banco. A expectativa da central é que o financiamento esteja devidamente assinado até o próximo mês.

Catiana não lembra ao certo os valores envolvidos nas obras, mas explica que o banco irá custear metade das intervenções, ficando o restante a cargo do município, que na verdade irá usar o dinheiro recebido pelo PAC como contrapartida.

Segundo ela, as verbas da União serão empregadas nos corredores de ônibus, recapeamentos e outras melhorias no trânsito, enquanto o restante será empregado na reforma propriamente dita, que irá abranger a Rua 14 de Julho entre as avenidas Fernando Corrêa da Costa e Mato Grosso, além das ruas transversais, como Dom Aquino, Barão do Rio Branco, Cândido Mariano e Antônio Maria Coelho.

Posteriormente, segundo ela, será executado um projeto para incentivar as pessoas a morarem na região por meio do fomento de estrutura que envolva serviços e comércio. A viabilidade da iniciativa ainda será medida.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions