ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Ao chegar em casa com a família, bombeiro reage a assalto e atira em ladrão

Criminoso baleado está internado na Santa Casa, onde passará por cirurgia

Por Dayene Paz | 04/12/2023 08:05
Marca de tiro na caminhonete de bombeiro. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)
Marca de tiro na caminhonete de bombeiro. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)

Bombeiro reagiu a um assalto na noite deste domingo (3), no Jardim Itamaracá, em Campo Grande, e atirou contra os suspeitos. Um criminoso foi ferido e está internado na Santa Casa. A caminhonete tomada no assalto foi localizada pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar escondida em um barracão no Bairro Vivendas do Parque.

O roubo aconteceu por volta das 19h40 de ontem, quando o bombeiro chegava em casa com a família na caminhonete Toyota Hilux. Ao parar para abrir o portão de elevação, o militar foi rendido por três homens armados, que mandaram a família sair do veículo. A mãe do bombeiro foi tirada pelos cabelos da caminhonete.

O militar pediu para pegar a filha que estava no banco traseiro e, ao fazer isso, entrou correndo dentro da casa e pegou uma arma de fogo. No momento que a vítima voltou com a arma em punho, os suspeitos já estavam fugindo. O militar atirou contra a caminhonete e também em um veículo cor prata, que prestava apoio ao roubo.

Caminhonete da vítima em barracão no Bairro Vivendas do Parque. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)
Caminhonete da vítima em barracão no Bairro Vivendas do Parque. (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)

Ferido - Como os criminosos fugiram, o bombeiro não sabia se os tiros haviam atingido alguém. Mais tarde, o Batalhão de Choque foi acionado pela Santa Casa, que informava ter dado entrada um homem baleado no ombro, identificado como Carlos Augusto Nunes Leal. Ele foi deixado no hospital por um casal, que não foi encontrado pela polícia.

No hospital, Carlos alegou aos policiais que foi vítima de roubo e teve a bicicleta levada. Contudo, diante das informações do roubo da caminhonete, os militares perceberam que, na verdade, Carlos era um dos ladrões. O próprio pai do suspeito foi procurado e afirmou que Carlos nem bicicleta tinha.

Questionado mais uma vez, Carlos confessou ser um dos ladrões e apontou onde estava a caminhonete, em um barracão no Bairro Vivendas do Parque. Os policiais foram ao local e encontraram o veículo.

Carlos permaneceu internado, pois passaria por cirurgia. A Polícia Civil pediu a prisão preventiva dele. O caso segue em investigação pela Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos) e os outros criminosos são procurados.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias