A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

24/12/2013 18:15

Campo-grandense se antecipa nas compras e supermercados estão sem filas

Zana Zaidan e Kleber Clajus

Apesar do tumulto na região central para garantir os presentes na véspera de Natal, o campo-grandense se antecipou no que diz respeito à ceia e o movimento nos supermercados de Campo Grande é calmo na tarde de hoje (24).

Há quem tenha deixado ingredientes para trás e, por causa de um produto, foi às compras, mas tem quem deixou para a última a hora. “Deixamos para ultima hora mesmo”, assume a dona de casa Aline Sousa, 22 anos, que espera receber dez pessoas para o jantar de Natal. “É que nosso foco é o almoço, não a ceia de hoje”, ameniza o marido Gerson Serafim da silva, 26 anos.

No carrinho, produtos básicos da cesta natalina: desde a carne para o prato principal, bebidas e sobremesa. Quanto ao movimento, confirmam ser tranqüilo. “Filas estão rápidas, o preço está o mesmo, não tivemos problema nenhum para comprar”, diz o casal sobre o supermercado Comper da avenida Tamandaré.

Já a aposentada Vitalina Chaves de Oliveira, 72 anos, veio de São Gabriel do Oeste para passar o Natal com a família. Com previsão de reunir em casa 25 pessoas, os ingredientes da ceia já estavam garantidos, hoje, a ida ao supermercado, junto com a professora Valdinelli Peres, 29 anos, foi para ter certeza que nenhum item faltaria.

Bairros – No bairro Santa Luzia, o mercado Pereira também registrou movimentação normal. A doméstica Marinalva Domingos da Costa, 35 anos, escolheu o local para não ter que ir ao centro da cidade.

“Deixei para comprar a carne churrasco do agora, mas o restante está garantido. A família é grande, são quase 40 pessoas, então todos contribuem. Tem que cada um dar um pouco se não complica”, brinca.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions