ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Carro queimado foi furtado do outro lado da cidade e teve som de R$ 3 mil levado

Carro encontrado destruído por fogo no Portal Caiobá foi furtado de madrugada na Vila Nasser

Por Dayene Paz e Mirian Machado | 17/01/2022 10:32
Dono (de camiseta cinza) no local onde carro foi encontrado. (Foto: Henrique Kawaminami)
Dono (de camiseta cinza) no local onde carro foi encontrado. (Foto: Henrique Kawaminami)

O veículo Fiat Uno encontrado queimado em área de mata nos fundos do Bairro Portal Caiobá, em Campo Grande, foi furtado durante a madrugada em bairro que fica em outro ponto da cidade, na Vila Nasser. Os bandidos pegaram o som de R$ 3 mil e decidiram colocar fogo no carro. O furto foi registrado na delegacia e será apurado.

O dono do Uno, vulcanizador de 21 anos - que pediu para não ter o nome divulgado - relatou que por volta das 2h30, acordou com o barulho do carro sendo ligado. "Não tem espaço na garagem, deixo do lado de fora, sempre ficou. Mas hoje, acordei com o barulho de alguém ligando ele". Sem muito o que fazer, o rapaz procurou a polícia e registrou boletim de ocorrência do furto.

Veículo destruído pelas chamas foi encontrado nesta manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)
Veículo destruído pelas chamas foi encontrado nesta manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)

Poucas horas depois do registro, o vulcanizador levou mais um susto ao receber a notícia que seu carro estaria na região do Portal Caiobá, destruído pelo fogo. "Tinha pouco combustível, então, eles estouraram o miolo do tanque, conseguiram abastecer e chegar até aqui", acredita o rapaz, que foi até o local onde o Uno foi encontrado.

Dentro do carro, havia um som de R$ 3 mil, de acordo com o proprietário, além das rodas e pneus trocados recentemente. "Investi no carro, estava com ele há dois anos, sou o segundo dono", lamentou. O rapaz ainda acredita que dois homens cometeram o furto. "Uma pessoa só não conseguiria levar o som sozinha".

A Polícia Militar esteve no local. O caso será investigado pela Defurv (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos de Veículos).

Nos siga no Google Notícias