ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  03    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Cheiro de maconha leva à prisão de três com 650 quilos da droga

Polícia Militar foi informada sobre veículo com droga no fim da noite desta segunda-feira (26)

Por Aletheya Alves | 27/10/2020 14:13
Carga totalizou 656 quilos de maconha que seriam levada para Goiás. (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Carga totalizou 656 quilos de maconha que seriam levada para Goiás. (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Dois irmãos e uma mulher foram presos em flagrante na noite desta segunda-feira (26) com caminhonete S10 branca carregada de maconha em casa no bairro Nova Lima. Equipe da PM (Polícia Militar) recebeu denúncia anônima por volta das 23h30min informando sobre o tráfico de drogas.

Conforme auto de prisão, os policiais visualizaram o veículo, com placa de Brasília, por frestas do portão na Rua Randofo Lima e sentiram forte cheiro de maconha. Ao entrar na residência, foi localizado o casal Simon Pedro Romero Espinoza, 35 anos, e Cinthia Carolina Ortellado Bernal, 32 anos, além de Elieser Romero Espinoza, de 26 anos, que se apresentou como responsável pela droga.

Questionado sobre a origem da droga, Elieser relatou que foi contratado por um desconhecido para levar o carro com 656 quilos de maconha até o estado de Goiás e que estava morando na casa do irmão havia dois meses.

Aos policiais, Simon disse que não tinha relação com o tráfico, mas que havia permitido que o responsável pela droga a guardasse no local.

A esposa de Simon, que é paraguaia, relatou que não sabia da droga apreendida no local, apenas que o veículo havia sido levado até a casa durante o domingo. Além da droga, os policiais também apreenderam R$ 600 com Elieser e seu celular.

Em audiência de custódia durante a manhã desta terça-feira (27), Simon e Elieser tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva. Cinthia foi liberada.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário