ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Com carros carregados de maconha e cocaína, traficantes são presos na BR-262

O primeiro tentava levar a droga para São Paulo. Já o segundo suspeito tentou escapar dos policiais, mas foi perseguido e detido

Por Geisy Garnes | 05/08/2020 14:55
Droga apreendida pelos policiais da 10ª CIPM na tarde desta quarta-feira (Foto: Divulgação)
Droga apreendida pelos policiais da 10ª CIPM na tarde desta quarta-feira (Foto: Divulgação)

Dois jovens, de 27 e 21 anos, foram presos nesta quarta-feira (5) com carros carregados de drogas na região da BR-262, na saída de Campo Grande para Sidrolândia. O primeiro traficante tentava sair da cidade com cocaína. Já o segundo suspeito, transportava 281 quilos de maconha e tentou fugir a pé para escapar do flagrante, mas foi capturado.

No início desta quarta-feira, uma fiscalização na rodovia resultou na prisão de Diego Pedro Souza, de 27 anos. Ele dirigia um Ford Fiesta quando foi parado pelos policiais. Visivelmente nervoso, contou que morava em Sorocaba, interior paulista, mas precisou vir a Campo Grande para resolver pendências na documentação do carro, que havia comprado há mais de um mês.

A história não convenceu, e os policiais fizeram buscas no Fiesta. Não demorou muito para encontrarem compartimentos ocultos nas soleiras das laterais direita e esquerda do veículo lotados com tabletes de cocaína.

Diante do flagrante, Diego contou que foi contratado para buscar a droga em Mato Grosso do Sul e por isso veio de ônibus até a Capital, pegou o carro no estacionamento da rodoviária, dormiu em um hotel e nas primeiras horas do dia pegou a estrada de volta a São Paulo. Na capital paulista, deixaria o Fiesta próximo ao Terminal Rodoviário do Tietê. Pelo serviço receberia R$ 4 mil.

Essa não é a primeira vez que Diego é preso no Mato Grosso do Sul. Em 24 de outubro de 2017 foi preso por policiais rodoviários federais com um carro roubado. Ele foi parado em uma barreira policial da BR-463, em Ponta Porã, enquanto dirigia um Chevrolet Cobalt com placas falsas.

Na data, contou que foi contratado para levar o veículo até a fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Para isso receberia R$ 1 mil. Indiciado por receptação, Diego foi liberado dois dias depois.

Droga apreendida no Ecosport (Foto: Divulgação)
Droga apreendida no Ecosport (Foto: Divulgação)

Perseguição – Já no início dessa tarde, policiais da 10ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) fizeram a apreensão de 281 quilos de maconha após perseguição na mesma região. Eles também faziam rondas na BR-262, próximo da entrada para a Avenida Gunter Hans, quando deram ordem de parada ao motorista de um Ford Ecosport.

Ao invés de parar, o suspeito fugiu em alta velocidade e foi seguido por alguns quilômetros, até abandonar o carro. Para escapar dos policiais, correu e pulou vários muros de casas da região, mas ainda assim foi capturado. No Ecosport, os militares encontraram vários tabletes de maconha.

A droga foi levada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), onde foi pesada. Já o preso, identificado como Matheus, de 21 anos, foi para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. O caso é registrado como tráfico de drogas.

Regras de comentário