A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/01/2014 08:39

Com mato alto, moradores enfrentam invasão de cobras e escorpiões

O matagal no canteiro da BR-262 deixam moradores do bairro Santa Mônica 2 com medo de invasões de animais peçonhentos

Filipe Prado
Nunes mostra uma as cobras que entrou em sua casa (Foto: Pedro Peralta)Nunes mostra uma as cobras que entrou em sua casa (Foto: Pedro Peralta)

O matagal alto, formado nos canteiros da BR-262, na saída para Aquidauana, em frente ao bairro Santa Mônica 2 está deixando os moradores da região com medo das “invasões” de cobras, ratos e insetos. Um produtor rural, que mora no bairro, já matou cinco cobras dentro da própria casa.

O produtor rural Raimundo Nunes de Menezes, 68 anos, conta que há muito tempo não há limpeza nos canteiros, que ficam em frente ao bairro. “Desde que o prefeito assumiu não tem limpeza aqui. Isso é que Campo Grande oferece como cartão de visita”, afirma.

Ele relata que a esposa, Marlene Vicente da Silva, 46, estava na cozinha quando viu uma cobra, embaixo do forno elétrico. “É a 5ª cobra que eu mato aqui em casa. É um estado de calamidade, vem cobra, rato, barato, aranha”, aponta.

“Fiquei em pânico quando eu vi a cobra, eu só gritava”, lembra Marlene. “Imagina se minha neta de sete anos entrasse aqui?”, comenta. Ela conta que o esposo matou a cobra, com um rodo, mas essa não é a primeira. “Já caiu uma coral em cima da cama da minha filha, também dentro do guardarroupa. Já foram cinco aqui em casa, sem contar com outros bichos”.

Marlene afirma que já foi à prefeitura realizar várias reclamações, mas não foi atendida. “Já procuramos à prefeitura, há mais de oito meses. Eles falaram que iriam vir limpar, mas até agora nada”, relata.

Os próprios moradores acabam tomando providência para limpar o local, como o mecânico Sidnei Pereira, 40. “Nós acabamos carpindo aqui, damos uma limpada, pois esse é nosso cartão postal”, comenta. Alessandro Vargas, 38, relata que há muito tempo a prefeitura não limpa o matagal. “Faz uns dois ou três anos que aqui foi limpo, desde então não passaram mais aqui”.

Para os comerciantes da região, o matagal prejudica na visão dos consumidores. “Fica difícil de localizar o comércio, nos prejudica muito. Era para ser bonito, mas, infelizmente, é ao contrário”, relata Selma Ferreira da Silva, 37, que trabalha em uma loja de materiais de construção.

Problemas – Os moradores também acrescentam que outros problemas acontecem no bairro. “A prefeitura asfaltou algumas ruas do bairro, onde passam o ônibus, mas não fizeram escoamento, então a água desce para a nossa rua”, comenta Selma.

O asfalto também ainda não foi colocado na rua Pedro Pedra, então os próprios moradores se uniram para acabar com o problema do barro. “Eu mesmo comprei dois caminhões de cascalho para colocar na rua, pois temos que andar, queremos conforto”, afirma Nunes.

O matagal se espalha por todo o canteiro da BR-262 (Foto: Pedro Peralta)O matagal se espalha por todo o canteiro da BR-262 (Foto: Pedro Peralta)
O mato esconde pontos de ônibus, além de pequenos lixões (Foto: Pedro Peralta)O mato esconde pontos de ônibus, além de pequenos lixões (Foto: Pedro Peralta)


É um absurdo o descaso da prefeitura com nossa cidade. E não vem a Prefeitura dizer que são bairros afastados e que eles limpam, pq moro em área nobre da cidade e estou passando por isso, já temos medo de entrar em casa, pq cada dia é um animal peçonhento que aparece aqui dentro. Já matamos 5 escorpiões, aranhas armadeiras e outros... Tudo isso vem de um dono porco e sujismundo que tem uma residência que está literalmente abandonada, cheio de mato alto, pés de bananas e limpar que é bom nada. Ai eu pergunto: Cadê os fiscais da tal prefeitura de Campo Grande p/ notificar essas pessoas? Cadê o compromisso da prefeitura em manter os bairros limpos e multar quem não cumpri seu dever? O IPTU está chegando, p/ isso eles são rápidos p/ cobrar. ACORDA CAMPO GRANDE,estamos jogados ao total descaso.
 
Cris Silva em 02/01/2014 23:52:46
ALÔ PREFEITURA DE CAMPO GRANDE - A NOSSA CIDADE ESTA ABANDONADO NAS LIMPEZAS DE CALÇADAS E RUAS E MUITO CARO PARA PAGAR E NOS JA PAGAMOS O IPTU CARO DE MAIS PARA CONSERVAR PELO MENOS AS RUAS E ASFALTO O BAIRRO MONTE CASTELO ESTA ESQUECIDO É É BEM PERTO DO CENTRO DA CIDADE, SE POE FOGO E MULTADO SE DEIXA E MULTADO NAO TENHO QUEM FAZ E O QUE FAZER NESSA SITUAÇÃO CADE AQUELAS FIRMAS DE LIMPEZA E MATO PRA TODO LADO.
 
guia maria ferreira em 02/01/2014 11:41:41
PAULO EDUARDO SANDIM: não, este trecho é uma avenida ainda (Duque de Caxias), está no perímetro urbano de Campo Grande, sob responsabilidade da Prefeitura, a jurisdição passa a ser do DNIT somente após o Anel Rodoviário, em Indubrasil. Aliás, essa "ciclovia" que a Prefeitura fez no acostamento há uns 2 anos é terrível. Se alguém tiver um pneu do carro furado nesse asfalto que está em estado precário, terá que parar no meio da pista ou invadir a ciclovia.
 
Paulo Medeiros em 02/01/2014 10:32:08
SE E UMA BR NAO DE COMPETENCIA DO DNITE ???
 
paulo eduardo sandim em 02/01/2014 10:13:23
Quanto ao mato e a sujeira a Prefeitura deveria sim trabalhar, mas... colocando fiscais pra multar e multar sem dó alguns "sujismundos", no meu bairro eles tiraram o mato alto e o lixo na quinta feira dia 26/12 pois no dia 27 já haviam dois entulhos e dos grandes, depositados na via que acabaram de limpar, e vai uma dica... fazem isso durante a noite!! Se a Prefeitura fizer uma força tarefa e colocar os fiscais na rua multando, esse povo vai pensar duas vezes antes de limpar seus terrenos e jogar perto da casa dos outros. pois saberiam que ia doer no bolso, porque educação não adianta, ninguém tem
 
Rose Pereira em 02/01/2014 10:08:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions