ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Com serviço prorrogado, ônibus da Blitz Covid passa por aldeias e Praça do Rádio

Vigilância Sanitária estará hoje na Aldeia Água Bonita, no Tarsila do Amaral; serviço foi prorrogado e está previsto até dia 11

Por Silvia Frias | 03/08/2020 07:09
No sábado, testagem rápida da Blitz Covid foi realizada próxima ao Camelódromo (Foto: Kisie Ainoã)
No sábado, testagem rápida da Blitz Covid foi realizada próxima ao Camelódromo (Foto: Kisie Ainoã)

O ônibus da Blitz Covi-19 teve serviço prorrogado em Campo Grande e, conforme a programação já prevista até dia 11, as equipes da Vigilância Sanitária vão priorizar atendimento às comunidades indígenas, com testagem rápida para doença, distribuição de máscaras e orientações.

Esta semana, a Blitz Covid-19 será somente no período de manhã, até dia dia 7 de agosto. Hoje, equipe estará na Aldeia Água Bonita, no bairro Tarsila do Amaral. O ônibus ficará estacionado a partir das 9h na rua Ana Pimentel, em frente da Oca do Cacicque.

Amanhã (4), no mesmo horário, estará no Jardim Noroeste. Na quarta-feira (5), estará no Jardim Centro-Oeste, quinta (6) na Praça do Rádio Clube e, na sexta-feira (7), Aldeia Darcy Ribeiro, no Jardim Noroeste. Na semana que vem, a agenda será nas aldeias Marçal de Souza, Nova Canaã e comunidade indígena no Indubrasil e Jardim Inápolis.

As equipes prestam orientações sobre cuidados sanitários para evitar infecção da covid-19, distribuem máscaras e oferecem a testagem rápida da doença. Antes do exame, as pessoas passam por triagem para verificar se estão aptos para coleta ou não, já que os sintomas devem ter surgido há pelo menos 7 dias.

Até agora, segundo dados da Vigilância Sanitária, 2,5 mil pessoas foram atendidas em duas semanas de trabalho.  Foram realizados 150 testes rápidos, sendo 24 positivos para a doença. Os dados não incluem a última agenda do ônibus, que foi no Camelódromo, no sábado (1º).