A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

25/04/2018 12:45

Com sistema de energia solar, escola vai economizar quase 90% na conta de luz

Unidade gasta cerca de R$ 3 mil por mês, mas com o sistema cairá para R$ 400; Instalação demorou um mês e custou R$ 150 mil

Danielle Valentim e Leonardo Rocha
Para checar os painéis, o governador recebeu auxílio de guindaste. (Foto: Marina Pacheco)Para checar os painéis, o governador recebeu auxílio de guindaste. (Foto: Marina Pacheco)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) entregou nesta quarta-feira (25) reforma da parte elétrica, quadra e pintura da Escola Estadual Brasilina Ferraz, no Jardim Leblon, em Campo Grande. A instalação de energia solar fotovoltaica na unidade é um projeto piloto, que está funcionando há um mês, e prevê economia de quase 90% na conta de luz.

A quadra recebeu telas, calhas e 96 painéis de energia solar. O sistema de energia solar fotovoltaica, produz 31 kwp (kilo-Watt-pico), que pode abastecer até 28 casas populares. A escola gasta cerca de R$ 3 mil por mês, mas com o sistema cairá para R$ 400, em função da cobrança mínima feita pela Energisa e algumas taxas de consumo, uma economia de quase 90% na conta mensal.

A expectativa da secretaria educação Maria Cecilia Motta é levar o projeto para outras escolas. A instalação demorou um mês e custou R$ 150 mil. A ideia surgiu em 2017, durante discussões entre secretarias.

Crédito - A escola precisaria de 2,9 mil kWh, mas com o sistema está gerando 4,8 mil kWh. O excedente volta para a corrente elétrica e a energisa repassa como “crédito” para outras escolas. A secretaria vai acompanhar o consumo da escola por aplicativo de celular e a expectativa é conseguir recursos federais para a instalações outros lugares.

Para checar os painéis, o governador recebeu auxílio de guindaste e garantiu que é a primeira instalação de muitas.

“É uma economia de gastos, mostra que o governo está preocupado com a sustentabilidade e meio ambiente. Todos os painéis tem duração de 25 anos. Vai ser a primeira de muitas escolas e a plataforma não prejudica o andamento da escola. Hoje os gestores têm de investir em duas grandes alternativas a eólica e a solar”, finalizou.

Governador garantiu que instalação é primeira de muitas. (Foto: Marina Pacheco)Governador garantiu que instalação é primeira de muitas. (Foto: Marina Pacheco)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions