A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

28/10/2015 16:06

Crise populariza São Judas, patrono das causas urgentes e sem remédio

Ricardo Campos Jr.
Durante o dia, fiéis frequentaram santuário para orar e agradecer (Foto: Marcos Ermínio)Durante o dia, fiéis frequentaram santuário para orar e agradecer (Foto: Marcos Ermínio)

O Santuário de São Judas Tadeu, em Campo Grande, não parou de receber fiéis desde as primeiras horas desta quarta-feira (28), quando é comemorado o dia do mártir católico considerado porta-voz do povo junto a Deus pelos casos desesperados e sem remédio. Essas funções popularmente atribuídas a ele muitas vezes relacionam-se com problemas financeiros, o que em época de crise ajuda a aumentar a procura pelo padroeiro.

Foi assim, em um momento de dificuldades econômicas, que Lúcia Maria Nicolatti, 70 anos, recorreu a São Judas pela primeira vez há cinco anos. Desde então ela vai uma vez por ano até o templo em agradecimento. “Eu rezo também pelos meus filhos e netos. É uma forma de me comunicar com Deus”.

O marido dela, Pedro Nicolatti, 77 anos, cumpre a tradição há mais tempo, desde que tinha 16 anos. “Ele é um intermediário para conversar com Deus. Tudo o que eu peço, Ele me dá”, afirma.

A técnica de enfermagem Tereza Kennedy, 42 anos, vai ao santuário pelo menos três vezes ao ano e tem São Judas como padroeiro. Ela garante que por intermédio dele, Deus já realizou várias graças na vida dela, mas prefere não contar por se tratarem de assuntos pessoais. “Geralmente são coisas que nos afligem muito”, comenta.

Vigário afirma que novena teve público recorde (Foto: Marcos Ermínio)Vigário afirma que novena teve público recorde (Foto: Marcos Ermínio)

Movimento – A paróquia está em festa desde 19 de outubro, quando começou a novena em honra do santo. O vigário da comunidade, padre José Batisti, afirma que pelo menos cinco mil pessoas passaram pelo local para rezar, número maior do que o registrado em anos anteriores.

“O povo está buscando mais, nesse momento de crise, muita gente procura”, afirma. Ele lembra que São Judas, para os católicos, é um intercessor, “um intermediário. A bênção vem de Deus e ele pede por nós”.

A data, segundo o religioso, motiva peregrinações de pessoas de outras cidades do estado. “Teve um casal de Corumbá que veio comemorar o aniversário de 54 anos de matrimônio e fazem isso todos os anos”, lembra Batisti.

Hoje, segundo ele, está prevista missa campal com procissão luminosa presidida pelo bispo emérito Dom Vitório Pavanello a partir das 19h30 no pátio da igreja, localizada na Rua Fernando Augusto Corrêa da Costa, número 58, Jardim América.

São Judas é considerado porta-voz do povo junto a Deus para as causas urgentes e sem remédio (Foto: Marcos Ermínio)São Judas é considerado porta-voz do povo junto a Deus para as causas urgentes e sem remédio (Foto: Marcos Ermínio)
Assaltante é preso após dar tiro para cima durante roubo a adolescentes
Um homem de 32 anos foi preso na noite deste sábado (19) após render e roubar três adolescentes no Jardim Leblon, em Campo Grande. Durante o crime, o...
Embriagada, condutora tromba em carro e pega rádio da polícia
Uma condutora, identificada como Josilene Rodrigues Davila, teve que ser contida por policiais após ser flagrada em estado de embriaguez, após aciden...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions