ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Dono de autódromo diz que jovem morto em acidente pegou moto escondido da equipe

Evento já havia terminado e chovia no momento que o rapaz atingiu um guard rail

Por Antonio Bispo e Clara Farias | 31/03/2024 12:05
Fachada do Autódromo Internacional de Campo Grande, onde o acidente aconteceu (Foto: Henrique Kawaminami)
Fachada do Autódromo Internacional de Campo Grande, onde o acidente aconteceu (Foto: Henrique Kawaminami)

Pouco mais de 12 horas após o acidente que vitimou o jovem Augusto Henrique Soares Pereira, de 19 anos, na noite de sábado (30), no Autódromo Internacional de Campo Grande, o local voltou a receber pessoas para o evento Pró-Classic 2024 Brasil. Segundo a direção do local, o rapaz havia pegado o veículo escondido da própria equipe para dar uma volta na pista.

Ao Campo Grande News, Sandro Moura, dono do espaço esportivo, contou que o evento realizado no autódromo terminou às 17h, horário em que a maioria das pessoas deixou o espaço, assim como a ambulância disponibilizada para socorrer os participantes, se necessário.

Sandro contou que ele já tinha ido embora e que restou, ao final, o filho dele e uma equipe na qual a vítima trabalhava, que terminava de recolher os pertences.

Em certo momento, os funcionários deram falta do jovem e de uma motocicleta elétrica, que não faz barulho ao ser utilizada, podendo atingir a velocidade de 120 km/h.

“A pista fechada, o evento já tinha acabado, ele pegou a moto escondido da própria equipe. Foi lá e caiu. Deram falta dele, pegaram o carro para tentar achar, quando encontraram ele lá [em uma curva]”, disse.

Sandro Moura, dono do autódromo, em conversa ao Campo Grande News (Foto: Henrique Kawaminami)
Sandro Moura, dono do autódromo, em conversa ao Campo Grande News (Foto: Henrique Kawaminami)

O proprietário afirmou, ainda, que o socorro foi acionado, mas como já havia passado uma hora do acidente, os colegas de equipe da vítima decidiram colocá-lo na caçamba de uma picape, na tentativa de levar o jovem até uma unidade de saúde. “Encontraram a ambulância no meio do caminho, mas morreu antes de chegar ao hospital”.

Sandro declarou, também, que a Polícia Civil esteve no Autódromo, fez toda a vistoria necessária e não encontrou nada irregular. Além disso, a curva onde a vítima caiu é conhecida por frequentadores do espaço por ser muito fechada e sempre ocasionar batidas.

Neste domingo (31), o autódromo está com as portas abertas para receber o público, mas no momento em que a equipe estava no local, poucas pessoas acompanhavam o evento, que conta com uma ambulância particular.

Ambulância particular estacionada no Autódromo Internacional de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)
Ambulância particular estacionada no Autódromo Internacional de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)

Federação nega – A reportagem entrou em contato com o presidente da Federação de Automobilismo de Mato Grosso do Sul, Wagner Coin. Apresentando uma versão diferente, alegou que o evento foi cancelado em cima da hora por número mínimo de equipes que deveriam participar.

“Era pra ter vindo 10 equipes de Cuiabá, mas eles não chegaram. Como a estrutura já estava toda montada, os responsáveis pelo autódromo decidiram fazer um evento paralelo, mas isso não tem nada a ver com a federação”, contou.

O caso foi registrado na Depac Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como sinistro de trânsito com vítima fatal provocado pela própria vítima, fraude processual e participar na direção de veículo automotor em manobra não autorizada.

Augusto Henrique Soares Pereira, de 19 anos (Foto: Arquivo pessoal)
Augusto Henrique Soares Pereira, de 19 anos (Foto: Arquivo pessoal)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias