A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

22/05/2019 15:43

Encontrado carro roubado de motorista de aplicativo que ficou 10h em cárcere

Vítima afirma ter sido abordada na Avenida Ernesto Geisel, na tarde de ontem, para fazer corrida até o bairro Dom Antônio Barbosa

Liniker Ribeiro e Clayton Neves
Carro da perícia em frente da Defurv (Foto: Clayton Neves) Carro da perícia em frente da Defurv (Foto: Clayton Neves)

Foi localizado em uma rua do Jardim Centenário, em Campo Grande, o veículo Fiat Uno que pertence ao motorista de aplicativo, de 29 anos, que afirma ter ficado por aproximadamente 10 horas sob o poder de bandidos armados durante o roubo do carro. Conforme a vítima, a abordagem aconteceu por volta das 14h30 de ontem (21), no Jardim Nhanhá.

De acordo com a polícia, na tarde desta quarta-feira (22), moradores estranharam o veículo abandonado na Rua Pascoal Carlos Magno, e entraram em contato com a Polícia Militar. No local, pela placa do veículo, foi constatado o registro de roubo.

Equipe da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) esteve no local e recolheu o veículo roubado. O automóvel também passou por perícia e, em seguida, foi encaminhado para o pátio da delegacia.

Ao Campo Grande News a delegada Aline Sinnott detalhou que as equipes trabalham no rastreamento do veículo durante o tempo que esteve com os assaltantes. “O veículo rodou a cidade inteira durante a madrugada, e passou até mesmo aqui em frente à delegacia”, afirmou a delegada titular da Defurv.

Ainda conforme Sinnott, não há registros de que o Uno tenha sido usado em outros crimes. Nesta tarde, a vítima é novamente ouvida na delegacia especializada e chegou a ver o acervo de fotos da polícia, mas não reconheceu os suspeitos nos arquivos.

O crime - Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima relatou à polícia que estava parada na Avenida Ernesto Geisel, nas proximidades do Shopping Norte Sul Plaza, quando foi abordada por dois homens.

A dupla teria perguntado se o rapaz era motorista de aplicativo e se faria uma corrida até o bairro Dom Antônio Barbosa. Após aceitar, os homens entraram no veículo e, logo em seguida, anunciaram o assalto. Um dos bandidos chegou a encostar o revólver na barriga da vítima, conforme relato.

À polícia, o motorista contou ainda que foi para o banco traseiro do carro e obrigado a ficar abaixado. Ele foi levado para uma casa, onde foi amarrado com tiras de pano e ficou trancado em um quarto.

Horas depois, os bandidos voltaram ao cômodo, colocaram a vítima no porta-malas do carro e levaram para a região do museu José Antônio Pereira. O motorista foi abandonado no local. Os bandidos fugiram levando o veículo Fiat Uno do rapaz, o celular e R$ 130 em dinheiro.

(Matéria alterada às 16h57 para acréscimo de informação)

(Colaborou Geisy Garnes)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions