A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/12/2015 11:32

Energisa afirma que corte de energia em favela foi para garantir segurança

Filipe Prado
A Energisa afirmou que são obrigados a realizar o corte pela Aneel (Foto: Marcos Ermínio)A Energisa afirmou que são obrigados a realizar o corte pela Aneel (Foto: Marcos Ermínio)

A Energisa informou, através de nota, que o fornecimento de energia na favela Cidade de Deus, no Bairro Dom Antônio Barbosa, foi suspenso pois os moradores estavam usando a rede elétrica de forma ilegal, através de “gatos”. Cerca de 300 família ficaram sem energia, após o corte que ocorreu na manhã desta quinta-feira (10).

Conforme a nota, o fornecimento foi interrompido para garantir a segurança dos moradores, ressaltando que o furto de energia é crime, sendo o corte uma obrigação determinada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Os "gatos" tem impacto direto em contas dos usuários regulares.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal), conforme nota, apontou que os moradores reivindicaram a presença de um representante da Energisa, para implantação da rede elétrica. A polícia afirmou que a concessionária está enviando um representante até o local.

A rodovia foi sinalizada pelo policiais e as chamas apagadas pelo Corpo de Bombeiros, que realizam rescaldo para não danificar o asfalto.



Ser pobre não deve ser desculpa para agir de maneira errada. Que a energiza regularize a situação e coloque energia de maneira regulamentada e passe a cobrar o valor devido, caso contrário, toda a população vai passar a ter o direito de usar energia de graça. A vida não está fácil pra ninguém, só que não deve ser desculpa para agir de maneira errada. Que esse povo vá trabalhar pra se manter dignamente sem ter que ficar mendigando. Que se consientizem das dificuldades e parem de colocar filhos no mundo achando que todo mundo tem a obrigação de ajudar. Que me desculpem a franqueza, mas não tenho dó de gente que se faz de coitada em vez de arregaçar as mangas e ir trabalhar, nem me vejo na obrigação de ajudar ninguém. Quem quer corre atrás, não fica vivendo de esmolas.
 
Mariana Carvalho em 12/12/2015 00:26:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions