A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/03/2014 09:48

Escola vai pagar R$ 200 mil à família de adolescente morto em instituição

Aliny Mary Dias

Os pais de um adolescente de 15 anos que morreu em junho de 2010 dentro de uma escola que funcionava como semi-internato em Campo Grande receberão indenização de R$ 200 mil da instituição. A decisão da 3ª Vara Cível da Capital foi divulgada hoje (27) pela assessoria do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Conforme a decisão, a escola não se responsabilizou pelo suicídio do garoto e além da indenização por danos morais, pagará uma pensão mensal no valor de 2/3 até que a data de aniversário de 24 anos da vítima. Depois, o valor cai para 1/3 até que o ano em que o menino completasse 65 anos.

Conforme o processo, na época, os pais procuraram o colégio que ofereceu bolsa de 50% em troca de serviços prestados pelo aluno na cozinha durante quatro horas diárias. A reclamação dos pais é que a escola nunca alertou os pais sobre mudança de comportamento do adolescente ou problemas pessoais.

Depois da morte, segundo a denúncia, a escola denegriu a imagem do adolescente e não prestou auxílio aos pais. A família fiz ainda que o filho só foi levado para o hospital duas horas depois de ser encontrado enforcado.

Por outro lado, a escola explica que o menino era um adolescente normal e que não houve omissão ou negligência. E que mesmo localizada na zona rural, a escola transportou o menino em 13 minutos até o hospital.

Na decisão, o juiz afirma que laudos médicos mostravam que o menino sofria de depressão e que a escola não tomou providências.



Vão pagar 2/3 e 1/3 de que?
 
Endrigo Diniz Zotelli em 27/03/2014 10:15:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions