A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/05/2014 22:57

Estudante campo-grandense tem projeto científico reconhecido nos EUA

Alan Diógenes
Na imagem, Gabriel está acompanhado do ganhador do Nobel de química de 1996, Harold Kroto. (Foto: Divulgação)Na imagem, Gabriel está acompanhado do ganhador do Nobel de química de 1996, Harold Kroto. (Foto: Divulgação)

O estudante brasileiro Gabriel Galdino teve seu projeto científico reconhecido como um dos melhores das Américas na Intel ISEF (Feira Internacional de Ciências e Engenharia). O aluno desenvolveu uma tecnologia adesiva para prevenir a proliferação de larvas do mosquito da dengue.

Gabriel faz parte de uma delegação de 38 estudantes brasileiros que foi selecionada para disputar a Intel ISEF, que é a maior feira pré-universitária de ciências do mundo. Os alunos, representando 21 projetos, conquistaram as vagas nas duas principais feiras de ciências nacionais, a Mostratec (Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia), Novo Hamburgo (RS) e a Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia), em São Paulo (SP) além de um grupo de estudantes da Escola Americana de Campinas.

Ele que é campo-grandense, possui credenciamento pela Febrace, e ficou entre os seis melhores das Américas, por sua contribuição para o desenvolvimento integral das Américas através do seu projeto. Além do projeto de Gabriel, outros sete do Brasil foram reconhecidos pelo Departamento de Desenvolvimento Humano, Educação e Emprego da OEA, ficando entre os 50 melhores projetos das Américas, escolhidos entre os finalistas da Intel ISEF 2014.

O projeto premiado de Gabriel foi manchete na revista Eureka dos Estados Unidos. O título dizia: “Killing mosquitoes with cashews/ ISEF finalist Gabriel Galdino came up with a local solution to dengue fever”, traduzido para o português diz:” Matar os mosquitos com caju/ ISEF finalista Gabriel Galdino veio com uma solução local para a dengue”.

A Intel ISEF faz parte de um programa da Society for Science & the Public e da Intel e é uma Feira Internacional de Ciências e Engenharia realizada anualmente em maio, nos EUA. Para participar, o estudante precisa ser indicado por meio de uma das feiras nacionais credenciadas ao redor do mundo. Desde 1950, um Estado norte-americano diferente hospeda a feira. Neste ano, a 65ª edição da feira foi em Los Angeles, Califórina, de 10 a 16 de maio, e reuniu mais de 1.700 estudantes de 70 países.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions