ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 25º

Direto das Ruas

Família pede ajuda para encontrar gato de garota com autismo

Companheiro, animal ajudava adolescente nos momentos em que estava em crise

Por Cristiano Arruda | 28/07/2021 14:56
Rio está desaparecido desde junho e família busca ajuda para encontrar animal que ajuda nas crises de autismo da filha (Foto: Arquivo Família).
Rio está desaparecido desde junho e família busca ajuda para encontrar animal que ajuda nas crises de autismo da filha (Foto: Arquivo Família).

Família vive dias de angustia, após o gato ter desaparecido, no bairro Giocondo Orsi, em Campo Grande. "Rio" é o principal companheiro de uma adolescente que lida com o autismo.

Lays têm grau leve de autismo e durante as suas crises Rio sempre esteve ai seu lado. (Foto: Arquivo Família).
Lays têm grau leve de autismo e durante as suas crises Rio sempre esteve ai seu lado. (Foto: Arquivo Família).

De acordo com a família, o gatinho está com eles há cerca de dois anos e ajuda bastante a Lays Ramos Ribeiro, de 17 anos, durante as crises. "Quando as crises dela apareciam, ele sempre estava por perto para acalmar", conta a mãe, jornalista Cristina Ramos.

Rio desapareceu no dia 22 de junho. A família acredita que ele tenha fugido para a rua pelo portão após um descuido. Como nunca teve contato com o lado de fora da residência, pode ter se perdido e não conseguiu achar o caminho de volta.

Nas redes sociais, até recompensa é divulgada na tentativa de encontrar o bichinho que alegrava os dias da Lays. Um carro de som também já foi usado no bairro para que moradores ajudem a encontrar Rio.

Quem tiver qualquer informação sobre o Rio, pode entrar em contato com a família pelo telefone, no número (67) 98164-9988 ou pelo Instagran @cgprocurario com informações e foto. Será dada uma recompensa para quem ajudar a encontrar o animal, que pode estar entre as regiões o bairro Giocondo Orsi ou pela região da Vila Margarida,  Vila Célia,  Monte Carlo, Autonomista, Soter, Carandá Bosque.

Gato estava na família há cerca de dois anos nunca teve contato com o lado de fora da residência. (Foto: Arquivo Família.)
Gato estava na família há cerca de dois anos nunca teve contato com o lado de fora da residência. (Foto: Arquivo Família.)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário