A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/09/2015 11:28

Famílias da Capital se unem e acolhem refugiados da guerra na Síria

Liana Feitosa
Grupo de 4 refugiados sírios chegou a Campo Grande ontem (16). (Foto: Divulgação / Paróquia)Grupo de 4 refugiados sírios chegou a Campo Grande ontem (16). (Foto: Divulgação / Paróquia)

Membros da Paróquia Nossa Senhora da Abadia e da colônia árabe em Campo Grande se uniram para receber, na Capital, grupo de refugiados sírios nesta quarta-feira (16).

O país está em guerra desde 2011 devido a reivindicações de mais democracia e liberdades individuais. Desde então, mais de 215 mil pessoas foram mortas, segundo a organização não governamental OSDH (Observatório Sírio dos Direitos Humanos).

Para dar chance de recomeço a algumas pessoas, voluntários da Capital se mobilizaram e receberam um homem e um casal com a filha. De acordo com o pároco Paulo Vital da Cruz, em poucos dias mais dois ou três sírios devem desembarcar na cidade.

Padre Paulo Vital posa para foto com refugiado. Sírios chegaram ontem e, em breve, novo grupo será recebido. (Foto: Divulgação / Paróquia)Padre Paulo Vital posa para foto com refugiado. Sírios chegaram ontem e, em breve, novo grupo será recebido. (Foto: Divulgação / Paróquia)

"Eles chegaram ontem, por volta das 21h. Estão em casas de famílias da comunidade, mas será providenciada uma casa, um lugar fixo pra eles, além de trabalho. É uma nova chance de vida", compartilha o padre.

Segundo ele, as famílias da paróquia se uniram a voluntários de outras cidades, como Cuiabá (MT) e São José do Rio Preto (SP), que também receberão refugiados.

"Esse é um gesto de solidariedade, afinal, eles estavam em dificuldade no país deles. Agora eles podem recomeçar através de um gesto humanitário e de amor", completa o pároco.

"As pessoas podem até questionar essa atitude, alegando que existem pessoas também em dificuldade perto da gente, no nosso país", complementa.

"No entanto, precisamos lembrar que não vivemos em guerra aqui, temos como ajudar", pontua. Procuradas pela imprensa, refugiados e famílias voluntárias preferiram e não dar entrevistas.

Voluntários campo-grandenses receberam refugiados no aeroporto da Capital nesta quarta-feira. À direita, padre Paulo Vital. (Foto: Divulgação / Paróquia)Voluntários campo-grandenses receberam refugiados no aeroporto da Capital nesta quarta-feira. À direita, padre Paulo Vital. (Foto: Divulgação / Paróquia)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions