ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Bandidos que invadiram chácara roubaram carro de pastor para fuga

Fabiano Arruda e Fernando da Mata | 27/02/2012 09:59
Bandidos invadiram culto ontem à noite para roubar veículo e fugir após assalto em chácara na região do bairro Novo Século. (Foto: Marlon Ganassin)
Bandidos invadiram culto ontem à noite para roubar veículo e fugir após assalto em chácara na região do bairro Novo Século. (Foto: Marlon Ganassin)

O grupo armado que assaltou uma chácara ontem à noite na região do bairro Novo Século, em Campo Grande, por pouco teve seu plano de fuga frustrado, já que o veículo Ford Ka, que seria usado para deixar o local, falhou.

Sem alternativas, o bando abandonou o carro e fugiu a pé. Em seguida, invadiram um culto dentro de um loteamento na região e roubaram o carro do pastor, um Fiat Palio preto, para só então conseguir fugir.

Segundo o casal proprietário da chácara, a ação no local demorou cerca de três horas. O grupo roubou uma caminhonete Nissan Frontier, placas HSC 3205, cor cinza, além de R$ 600, joias, celulares, mala de roupas, cartão de crédito e relíquias.

Francieli Carneiro França, 25 anos, esposa do proprietário do imóvel, Hélio Pereira dos Santos, 55 anos, conta que os primeiros a serem rendidos no assalto foram dois sobrinhos, abordados por dois integrantes do bando. Enquanto isto, um terceiro rendeu o caseiro. Todos foram levados para a casa da chácara sob a mira de arma de fogo.

França relata que, num determinado momento da ação, seu filho, de pouco mais de 1 ano, começou a chorar. Os bandidos, então, pediram para que ela o fizesse parar de fazer barulho.

Em seguida, um deles passou então a perguntar de seu marido, que estava no banho. Logo após sair, Hélio foi rendido e questionado se havia cofre na residência. Respondeu que não e o grupo decidiu revirar todos os cômodos.

A partir disto, um dos integrantes fugiu com a caminhonete, enquanto outros cinco ficaram no local, três dentro da casa e outros dois do lado de fora, à espera de outro comparsa que foi ao local para buscá-los com o Ford Ka.

Ao todo, nove pessoas foram rendidas na chácara. Elas foram amarradas, exceto Francieli e a criança, e trancados num quarto.

Segundo o proprietário da chácara, que acionou polícias Militar e Civil para apurar a ocorrência, ninguém ficou ferido na ação. Os bandidos mandaram, a todo tempo, que as vítimas ficassem de cabeça baixa a fim de não identificá-los.

Já no loteamento em que a igreja foi assaltada após a ação na chácara, Herminiana Madalena Carmona, 39 anos, disse que estava no culto no momento em que três homens armados invadiram o local.

Segundo ela, o bando pediu a chave do carro e dizia que o veículo serviria apenas para a fuga e que depois seria abandonado.

Horas depois, conforme ela, um conhecido da igreja avisou o pastor que o Fiat Palio preto havia sido encontrado na região do bairro Coophavila.

Os casos foram registrados na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do bairro Piratininga.

Nos siga no Google Notícias