A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/08/2014 15:23

Golpista que ganhou R$ 730 mil com vírus “Zeus” tem conta na Capital

Edivaldo Bitencourt
Criminosos estão usando código de barras para dar golpe (Foto: Marcelo Calazans)Criminosos estão usando código de barras para dar golpe (Foto: Marcelo Calazans)

A Polícia Civil investiga o dono de uma conta bancária em Campo Grande pelo golpe com o vírus “Zeus”, que causou prejuízo de R$ 730 mil a uma empresa de São Paulo. Nos últimos meses, pelo menos cinco pessoas no Estado já caíram no golpe e tiveram prejuízo de aproximadamente R$ 500 mil.

Há cerca de dois meses, a Dedfaz (Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Defraudações e Falsificações) investiga a participação do correntista no golpe aplicado em São Paulo. Conforme a delegada Ariene Nazareth Murad de Souza Cury, a vítima dos golpistas foi uma empresa de São Paulo.

Ao realizar o pagamento do boleto do ticket alimentação dos funcionários, o empresário imprimiu o boleto. No entanto, acabou pagando R$ 730 mil aos golpistas, que utilizaram o vírus para adulterar o código de barras.

O código alterado redirecionou o dinheiro para uma conta bancária utilizada pela quadrilha em Campo Grande. A delegada já identificou o titular da conta, mas ela evita dar mais detalhes para não comprometer o andamento das investigações. O correntista mora na Capital.

Só no Estado, a fraude eletrônica já fez cinco vítimas. Em um dos caso, uma empresária perdeu R$ 183 mil. Em outros dois golpes, o prejuízo supera R$ 200 mil. Os valores dos outros dois golpes não foram revelados.

Ariene alerta empresários para adotar alguns cuidados na hora de efetuar a impressão de boletos bancários. A primeira dica é conferir o nome da empresa que será beneficiada pelo pagamento. A segunda é checar o nome do banco, que pode ser diferente.

A mais importante, segundo a delegada, é a instalação de um antivírus no computador para evitar o “Zeus” e a fraude eletrônica.

Outros casos são investigados pela Polícia Civil em Dourados.

“Vírus Zeus” faz mais quatro vítimas em MS e golpe supera R$ 200 mil
O golpe eletrônico, feito com a utilização do vírus "Zeus", fez mais quatro vitimas em Mato Grosso do Sul. Somente em dois casos, as vítimas perderam...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions