A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Maio de 2019

11/02/2017 11:44

Governo federal aponta irregularidades em obras de creches na Capital

Secretária irá a Brasília para ter acesso aos detalhes destes contratos

Leonardo Rocha
Obra do ceinf no Jardim Noroeste, que conta com recursos federais, ainda está parada (Foto: Arquivo)Obra do ceinf no Jardim Noroeste, que conta com recursos federais, ainda está parada (Foto: Arquivo)
Marquinhos Trad disse que precisa resolver estas pendências, para terminar obras na área da educação (Foto: Marcos Ermínio)Marquinhos Trad disse que precisa resolver estas pendências, para terminar obras na área da educação (Foto: Marcos Ermínio)

A secretária municipal de Educação, Ilza Mateus de Souza, foi até a Brasília, na quarta-feira (08), e descobriu junto ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) que existem irregularidades em obras de Ceinfs (Centro de Educação Infantil) e escolas em Campo Grande. Por esta razão, vai retornar à capital federal, na semana que vem, para saber os detalhes destes contratos.

Ilza repassou as informações ao prefeito, Marquinhos Trad (PSD), durante reunião em seu gabinete, neste sábado (11). Estas irregularidades apontadas estão em contratos referentes a obras que estão em andamento, paradas ou em fase de reformulação.

Entre elas está a construção de Ceinf no Tijuca II. A outra se refere a obra no bairro Jardim Centenário, que estaria sem atualizar o Simec (Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação).

Também há pendências em uma obra no bairro Vespasiano Martins. Além disto, foi relatado que a prestação de contas de mais de dez convênios entre prefeitura e Ministério da Educação está atrasada. Eles são referentes aos anos de 2009, 2012, 2013 e 2014.

"A maioria destas obras é de construção de ceinfs e quadras de escolas, nós vamos até Brasília saber os detalhes, para identificar quais são as pendências e irregularidades", explicou a secretária.

Ilza contou ao prefeito que teve acesso a estes dados, após uma reunião com o ministro da Educação, Mendonça Filho, em que o deputado federal, Luiz Henrique Mandetta (DEM), também participou. "Ela aproveitou uma agenda em Brasília e conversou com eles, sobre os principais problemas na liberação de recursos federais na área de educação, agora terá acesso aos detalhes", ponderou Marquinhos.

Obras - O prefeito ainda apresentou a situação das obras na área de educação, algumas em andamento, outras estão paradas, além de contratos rescindidos ou reformulados. Entre as paralisadas estão: os ceinfs do Jardim Noroeste, Talismã, Radialista, Oliveira II, São Conrado, Nascente do Segredo, Zé Pereira e Popular.

Já as que estão em fase de reformulação: ceinfs do Bosque Santa Mônica, Oscar Salazar, Jardim Seminário, Portal do Panamá, Residencial Nelson Trad, Nova Lima, Vida Nova, Jardim Jerusalém, Aquarius II e Escola Vila Natália.

Entre os contratos que foram rescindidos aparecem os ceinfs dos bairros Jardim Nashville, Serraville, Jardim Colorado e Moreninha II. As obras em andamento acontecem no Tijuca II, Vespasiano Martins e Jardim Anache. Na Vila Nathália, a obra ainda está em fase de licitação. "Dependemos de recursos federais para todos estes projetos, por isto estamos correndo atrás".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions