A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/03/2015 11:03

Guarda Municipal forma 308 agentes, agora com direito a usar armamento

Filipe Prado e Kleber Clajus
Foram 305 guardas municipais formados para reforço da segurança da Capital (Foto: Marcos Ermínio)Foram 305 guardas municipais formados para reforço da segurança da Capital (Foto: Marcos Ermínio)

A Guarda Municipal, em parceria com a Polícia Militar, realizou a formatura de 305 guardas em Campo Grande. Os agentes receberam treinamento para atuar com armas não letais (taser), no trânsito e na condução de veículos de emergência. O evento ainda contou com a posse do secretario adjunto da Secretaria de Segurança, Tenente Coronel Emerson de Almeida Vicente.

Dos 308 guardas capacitados, 235 são para a utilização de armas de choque, 50 para o trânsito, 23 para a condução de veículos, sendo que contarão com uma frota de 16 motos e 21 viaturas. A partir de abril os guardas formados para o uso de armas não letais, iniciarão um curso para a capacitação no uso de armas letais.

De acordo com o titular da Secretaria de Segurança Pública, Valério Azambuja, a formação “é só o começo da estruturação da Guarda Municipal”, em um plano para os próximos 20 anos. “A partir de agora ele não vai precisar mais combater o violência na unha, mas sim com estrutura”, comentou.

Formado nesta turma, o chefe do núcleo operacional da Guarda Municipal, Almiro Carvalho, alegou que, podendo utilizar armas não letais, eles podem inibir possíveis agressões. “Isso da um aparato melhor para que possamos atuar nas ruas”.

O prefeito Gilmar Olarte (PP) disse que a intenção desta formação, em conjunto com a PM, é somente contribuir com a segurança de Campo Grande. “A Guarda Municipal era vulnerabilizada. A integração com a PM faz toda a diferença, evoluindo na segurança. Isso faz parte de uma reprogramação do efetivo”, revelou o prefeito.

Olarte ainda destacou que, em relação à segurança nas escolas municipais, a prefeitura irá adotar as táticas das escolas privadas, como cercas elétricas, videomonitoramento e alarme, sendo que a guarda será acionado caso precise.

Em relação a atuação no trânsito, o prefeito ressaltou que os guardas não podem multar, porém alguns deles foram cedidos para a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), que tem a autonomia para as autuações.

Por fim, o presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública, Otávio Trad (PTdoB), afirmou que percebeu os investimentos e ressaltou que “a segurança tem sido uma das prioridades da gestão atual”.

Após confusão, homem é atingido com um tiro em conveniência da capital
Um homem de 20 anos ficou gravemente ferido depois de ser atingido na região lombar por um tiro quando estava em uma conveniência localizada na Aveni...
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...


Muito bom.
Eu confio na Guarda e acho que isso vai melhorar mais ainda a segurança na Capital.
 
Jean Sanches em 20/03/2015 19:40:19
Agora sim a população esta em risco!!!
 
Cleber em 20/03/2015 15:13:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions