A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

28/08/2012 11:37

Homem envolvido em tiroteio próximo a UCDB é preso com grupo de roubo de carros

Paula Vitorino e Mariana Lopes
Liosmar e Armando foram presos ontem. (Foto: Minamar Júnior)Liosmar e Armando foram presos ontem. (Foto: Minamar Júnior)

Mais dois autores de quadrilha envolvida no roubo de veículos e tráfico de drogas foram presos na madrugada de ontem. Um deles é Liosmar Costa da Silva, de 34 anos, conhecido como “Pica-pau”, que é responsável por tiroteio nas proximidades da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco).

A troca de tiros aconteceu no mês de junho, durante a tarde. Liosmar abandonou o carro, com o filho de 14 anos dentro, e conseguiu fugir pela mata da região. Uma camionete F-400 foi apreendida com 11 tabletes de maconha na casa da namorada de Liosmar.

Ele foi preso ontem na sua casa, no bairro Universitário. O outro envolvido, Armando de Jesus Vera, de 30 anos, conhecido como “Armandinho” foi preso no Parque Lageado.

Com Pica-pau, a Polícia encontrou uma mochila com um revólver calibre 38 e seis chaves mixa, que são utilizadas para abrir veículos, sendo que 3 são para Uno e outras 3 para camionete.

Na mochila também tinha rádio com frequência da Polícia, chave utilizada para arrebentar corrente e um binóculo, utilizado para ver a aproximação de pessoas no local do crime.

Com Armandinho, foram encontrados 2,300 quilos de maconha.

O delegado Márcio Obara explica que a quadrilha é especializada em furto de veículos, mas estava sempre “preparada para eventuais imprevistos” e os integrantes andavam armados.

Pica-pau foi preso em flagrante por porte de instrumento usual na prática de furto e porte ilegal de arma. Ele tem diversas passagens na Polícia por tráfico e furto de veículos e estava evadido da Delegacia de Camapuã, desde 2009.

Armandinho estava foragido da penitenciária de Dourados.

Investigação - Segundo o delegado, a Polícia investiga a quadrilha desde o mês de abril.

O tiroteio aconteceu no dia 26 de junho e dois dias depois os policiais prenderam em uma chácara Sérgio e o caseiro Mario Honorio Gonzaga, de 36 anos.

Segundo a Polícia, Pica-pau também estava no local, mas conseguiu novamente fugir.

Os policiais apreenderam uma camionete F-400, um Uno e arma de fogo na chácara.

Após as prisões, as investigações indicaram que Pica-pau tinha fugido para o Paraguai e a Polícia da região de fronteira foi acionada.

No dia 14 de agosto, outra camionete F-400 foi apreendida na região de Ponta Porã com 1,200 quilos de maconha. Segundo a Polícia, Pica-pau estava dirigindo o veículo e abandonou ao ver a Polícia.

Além dos quatro presos, a Polícia procura dois foragidos e o envolvimento de outras pessoas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions