A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/11/2012 10:35

Indefinição sobre Cidade do Natal se deve à crise financeira, diz Trad

Marta Ferreira
No ano passado, Cidade do Natal recebeu 700 visitantes em 34 dias.No ano passado, Cidade do Natal recebeu 700 visitantes em 34 dias.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, explicou ao Campo Grande News nesta manhã que a indefinição sobre a realização neste fim de ano se deve à preocupação com as finanças do município neste fim de mantado. O prefeito lembrou que os repasses vindos da União estão caindo e por isso há uma preocupação de entregar o caixa em dia para o próximo prefeito, Alcides Bernal (PP).

Justamente por isso, afirmou, a realização do projeto depende, também, de uma conversa com o prefeito eleito, porque vai impactar a administração a partir de primeiro de janeiro. Além disso, afirmou, há a necessidade de captar recursos privados.

Nelsinho relembrou que as prefeituras estão em crise e que algumas têm até risco de não pagar funcionários neste fim de ano. Esta semana, os prefeitos fizeram um movimento, fechando 68 prefeituras, alegando que há um rombo de R$ 397 milhões.

Em Campo Grande, segundo o prefeito afirmou esta semana, não houve um impacto tão forte porque foram adotadas medidas de contenção, com a determinação de corte de 20% das despesas. Ainda assim, estima uma perda de rec
Hoje, ele baixou um novo pacote de restrições, novamente, segundo ele, para entregar as finanças em dia para o próximo prefeito.

Por essas razões, afirmou ao Campo Grande News que só a realização da Cidade do Natal depende de uma conversa com o próximo prefeito. “Vou estabelecer um contato e ver se, juntos, podemos viabilizar o projeto”

A Cidade do Natal começou a ser realizada em 2008 e já ficou marcada como um dos principais passeios de fim de ano em Campo Grande. No ano passado, o local, nos Altos da Afonso Pena, recebeu 700 mil visitantes nos 34 dias de funcionamento. 

 

EMHA suspende atendimento ao público para capacitação de funcionários
O atendimento ao público será suspenso nesta sexta-feira (15) na EMHA (Agência Municipal de Habitação). Segundo a assessoria de comunicação da prefei...
Homem tem casa invadida, pula muro para fugir de ladrão e quebra o pé
Homem de 29 anos quebrou o pé após pular o muro do sobrado onde mora para fugir de ladrões, na noite de ontem (13), na Rua Canavieiras, na Vila Plana...


Anderson Silva, não generalize todos os funcionários públicos, há algumas maças podres sim, mas há os que trabalham, que nunca faltaram serviço público e que trabalham como se fossem funcionários de uma empresa privada.
 
Sonia Silva em 09/11/2012 15:02:49
Campo Grande é uma cidade que ja nao tem atraçoes para as familias,sao poucas coisas que se pode visitar com a familia,e ainda chega o final do ano o prefeito ainda vem dizer que a Cidade do Natal provavelmente nao sera possivel realizar esse ano,engraçado por que isso nao foi cortado antes entao? Justamente quando esta prestes a sair do seu mandato vem acabar com o unico atrativo de final de ano da cidade? Lembremos campograndenses que a Cidade do Natal é um simbolo para Campo Grande sem contar que aumenta a quantidade de turistas no periodo,agora me fala nao seria justo nao ter a cidade,ja que o mesmo esta saindo da prefeitura ai sim deveria prestigiar Campo Grande e os cidadoes com algo digno a sua saida.
Se gasta com tantas outras coisas absurdas por que nao prestigiar nós.
 
Elizabette Sales em 09/11/2012 14:14:21
Lamentável o comentário do Sr. Anderson Silva, caro amigo não se pode generalizar, se o senhor se interessar lhe convido para passar um dia na divisão onde trabalho para que o Sr. veja as condições e volume de trabalho.
 
HELTON MAXIMO em 09/11/2012 13:13:02
isso e demais campo grande nao tem nada de diferente o ano inteiro e agora final de ano que todos esperao pela cidade do natal corre o risco de nao ter e muito frustante a cidade quese nao tem decoraçao natalina eo pouco que tem corre o risco de nao ter?
 
francielle frança de souza em 09/11/2012 12:32:23
começa a cortar os gasto pelos funcionarios que nao trabalham. tem funcionario que vive de licença medica. antes de entrar a saúde é otima, depois de alguns anos, é dor aqui, dor ali. sei que ficamos doentes, mas o ano inteiro. pior são alguns que vive bebado nos bares. depois consegue licença medica para faltar.... conheço varios aqui no meu bairro.
 
anderson silva em 09/11/2012 11:53:10
isso ai vai msm conversar com o bernal afinal das ele vai ser o prefeito de canpo grande.
 
luciana amorim em 09/11/2012 11:32:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions