A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

18/07/2018 13:57

Invasores arrombam e reviraram prédio de comunidade católica na Vila Ipiranga

Este é o segundo caso de invasão de uma igreja católica em pouco mais de 24 horas

Liniker Ribeiro
Um dos cômodos que invasores bagunçaram (Foto: Direto das Ruas) Um dos cômodos que invasores bagunçaram (Foto: Direto das Ruas)
Uma das salas invadidas e arrombadas por pessoas ainda não identificadas (Foto: Direto das Ruas) Uma das salas invadidas e arrombadas por pessoas ainda não identificadas (Foto: Direto das Ruas)

Pelo segundo dia consecutivo uma comunidade católica foi vítima de invasores. Na ação da madrugada desta quarta-feira (18), pessoas ainda não identificadas arrombaram portas no prédio onde funciona a Comunidade Nossa Senhora da Saúde, localizada na Rua Bertioga, esquina com a Candelária, na Vila Ipiranga, e reviraram salas e a própria igreja.

De acordo com uma das coordenadoras da comunidade católica, os invasores entraram pelo portão da frente e arrombaram portas de quatro salas, onde são ministradas catequeses, revirando tudo. Nádia Maria Menezes Candin acredita que quem fez isso estava em busca de objetos de valores.

"Com certeza estavam atrás de dinheiro, mas a gente não deixa nada lá. Eles reviraram tudo e tentaram levar um som pequeno, além de um ventilador de chão, mas devem ter saído pelo mesmo lugar que entraram e abandonaram tudo pelo caminho", revelou a coordenadora.

Para conseguir entrar, o grupo ainda cortou os fios da cerca elétrica para impedir que o alarme soasse. Para Nádia, o fato das ruas da região serem escuras, sem muita iluminação, pode ter influenciado e ajudado os invasores.

Primeira invasão - A Catedral de Nossa Senhora da Abadia, localizada na esquina da avenida Calógeras com a 15 de Novembro, foi alvo de invasores na madrugada de ontem (17). A violação do espaço foi descoberta pelo pároco da comunidade, padre Odair Costa, ao chegar no local, por volta das 6h30.

Assim como no caso de hoje, ele também acredita que os bandidos estavam em busca de objetos de valor e confundiram o sacrário (onde o Santíssimo Sacramento é guardado) com um cofre.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions