A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

03/08/2018 23:10

Irmãos são condenados a 8 anos de prisão por morte de homem no Colibri

A dupla vai responder pelo crime em regime semiaberto.

Adriano Fernandes
Rua por onde houve o crime. (Foto: Arquivo) Rua por onde houve o crime. (Foto: Arquivo)

Foram condenados a oito anos de prisão em regime semiaberto, os irmãos Wesley Camargo Fidencio e Elys Camargo Nogueira, responsáveis pela morte de Amarildo Flavio Tomazin, 47 anos, com um tiro e golpes de pé de cabra, no Jardim Colibri, na saída de São Paulo, em Campo Grande.

Outros dois suspeitos de participação do crime e que também foram levados a júri, foram absolvidos pelo júri. O crime ocorreu ainda em 14 de agosto de 2014. Na época do crime, Amarildo e Elys haviam se separado há um ano e desde então ele ameaçava a mulher de morte. Ela chegou a procurar a polícia e pediu medidas protetivas, mas não deu andamento ao processo.

No dia do crime, por volta das 20h Amarildo foi até a casa de Elys onde estavam o irmão dela, Wesley Camargo Fidencio, a mãe e a irmã de Amarildo. Uma discussão teve início entre Elys e Amarildo e o ex-marido tentou levar a jovem a força para dentro de um táxi que estava estacionado em frente da casa.

Ela se recusava a acompanhar o homem e diante das agressões, o irmão Wesley sacou uma arma e atirou contra Amarildo que em seguida foi agredido. Depois do crime, o irmão de Elys fugiu do local em uma moto. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas quando os socorristas chegaram Amarildo já estava morto. Os disparos atingiram o tórax, as costas e as nádegas do homem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions