A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/12/2012 13:27

Jovem é preso abastecendo carro roubado em sequestro relâmpago

Paula Maciulevicius

A Polícia Militar prendeu um dos envolvidos no sequestro relâmpago de uma mulher de 35 anos, na madrugada deste domingo, em Campo Grande. A vítima teve o carro que dirigia, um Ford Ka prata roubado, além de cartões de banco, R$ 200 em cheque e pouco mais de R$ 40 em dinheiro e foi deixada amarrada na saída para Sidrolândia, próximo a Frutilla.

A mulher conseguiu se soltar e pediu ajuda a um funcionário da ALL Logística. Pouco tempo depois, um policial militar e amigo da vítima, viu o carro na avenida Gury Marques, próximo ao terminal e pediu reforço da Polícia Militar.

O soldado foi até o posto América, onde o motorista estava e o abordou. O rapaz, Talison Lopes Zeballos, 20 anos, demonstrou a intenção de pegar a arma do policial, momento em que o PM atirou no chão.

Talison tentou fugir, mas o soldado disparou na direção do veículo. O tiro acertou a janela esquerda e saiu pela porta direita. O jovem saiu do carro e enquanto tentava tirar a arma do soldado, a Polícia Militar chegou.

Para os policiais, o jovem disse que não sabia de nada e que havia pego o carro nas Moreninhas, na casa de duas pessoas chamadas Marcelo e Lucas. Ele contou que de lá levou duas mulheres até a casa delas, em outra rua e que abastecia para retornar às Moreninhas.

Quando a PM perguntou onde estaria o dono do carro, Talison disse que não conhecia e que o que sabia era que o ka era de Marcelo e Lucas. Com ele, a PM encontrou dois cartões de crédito com senhas escritas em um papel, cheques em nome da vítima do sequestro e dinheiro.

Talison acabou confessando que eram mesmo da mulher dona do Ka, mas negou que tivesse participado do sequestro. Ele contou que apenas deixou ‘Goiano’ e a vítima em um matagal na saída para Sidrolândia e que estava abastecendo para levar o carro até Bandeirantes, cidade distante 70 quilômetros da Capital, com a promessa de que receberia R$ 1 mil.

Já preso, Talison entregou endereços onde os comparsas poderiam estar. Em um deles, foram encontradas 12 munições. Em outra casa, do tio de Talison, a PM apreendeu 34 gramas de cocaína.

Talison foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga.

EMHA suspende atendimento ao público para capacitação de funcionários
O atendimento ao público será suspenso nesta sexta-feira (15) na EMHA (Agência Municipal de Habitação). Segundo a assessoria de comunicação da prefei...
Homem tem casa invadida, pula muro para fugir de ladrão e quebra o pé
Homem de 29 anos quebrou o pé após pular o muro do sobrado onde mora para fugir de ladrões, na noite de ontem (13), na Rua Canavieiras, na Vila Plana...


Vagabundos!!!
 
Davi P.Fernandes em 02/12/2012 14:41:58
Estes criminosos deveriam ter os rostos mostrados a sociedade para dênuncias de possíveis crimes cometidos pelos mesmos anteriores a este, assim como o paradeiro do mesmos! Este nogócio do carra ir preso e ficar olhando para parede para não aparecer na mídia não pode ocorrer, imaginem quantos crimes embargados não são resolvidos por não se encontrar os responsáveis onde os mesmos podem ja estar presos ou sendo neste momento e não ou tiveram seus rostos divulgados?
 
Alexandre de Souza em 02/12/2012 14:17:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions