ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Capital

Jovem encontrado no telhado de casa foi morto com tiro nas costas

Segundo testemunhas, o suspeito era dependente químico e vivia numa casa abandonada na região

Por Viviane Oliveira e Bruna Marques | 24/03/2021 10:10
Depois da perícia técnica, o cádaver foi colocado no caixão pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Henrique Kawaminami)
Depois da perícia técnica, o cádaver foi colocado no caixão pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Henrique Kawaminami)

O homem, identificado como Carlos Cézar de Souza, 30 anos, encontrado morto no telhado de uma casa, na manhã desta quarta-feira (24), na Rua Francisco Antônio de Souza, na Vila Fernanda, na região do Portal Caiobá, em Campo Grande, foi ferido com um tiro nas costas.

Segundo testemunhas, o suspeito era dependente químico e vivia numa casa abandonada na região. Segundo o delegado Rafael Kenji, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, o caso será registrado como homicídio e furto qualificado. Ainda não se sabe quem fez os disparos. Não foi encontrado no local ninguém que tenha presenciado o fato.

Além do tiro, Carlos apresentava arranhão no pescoço. Por enquanto, não foi informado se havia alguém com a vítima, que provavelmente entrou no imóvel para furtar. Equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) investigam o caso. O corpo foi levado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para exame necroscópico.

Corpo foi levado ao Imol para exame necroscópico (Foto: Henrique Kawaminami)
Corpo foi levado ao Imol para exame necroscópico (Foto: Henrique Kawaminami)

Furto - A diarista Ana Cláudia Ferreira, 48 anos, dona da casa, contou que teve a luz cortada e há uma semana estava ficando com o caçula na casa da filha mais velha, que mora na mesma rua, com o marido e a sogra. Mesmo assim, sempre que podia ia até o imóvel ver se estava tudo bem.

Segundo a estudante Gabriela Oliveira Alves de Araújo, 18 anos, filha de Ana Cláudia, nesta madrugada, a vizinha acionou a Polícia Militar dizendo que tinha um ladrão na casa da mãe dela. A PM foi até o local, mas não encontrou ninguém.

Uma hora depois, o ladrão voltou e foi visto no telhado pela mesma vizinha. A mulher, então, novamente acionou a PM e avisou Ana Cláudia. Quando os militares chegaram encontraram o cadeado aberto, a janela escancarada e a porta arrombada.

A casa estava bagunçada e havia vários objetos quebrados. O ladrão, segundo Ana Cláudia, havia levado a televisão, utensílios da cozinha e roupas. Ao vistoriar o fundo da residência, os policiais encontraram uma poça de sangue e seguiram os rastros, quando subiram no telhado encontraram o corpo de Carlos. Ainda não há informação se foi a mesma pessoa que furtou os objetos, depois voltou para pegar mais coisa e  acabou se ferindo. Assista, abaixo, ao vídeo.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário