A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

10/07/2019 10:39

Ladrão que furtou aparelho auditivo diz que confundiu com conversor de TV

Ademir afirma que quando percebeu que era um aparelho auditivo jogou o dispositivo no córrego. O aparelho não foi localizado.

Mirian Machado
Ademir ao lado de outros objetos furtados no dia do crime (Foto: Henrique Kawaminami)Ademir ao lado de outros objetos furtados no dia do crime (Foto: Henrique Kawaminami)

Preso, Ademir Ferreira de Sousa Junior de 21 anos confessou que furtou o aparelho auditivo de implante coclear de de uma criança de 5 anos, no Bairro Nova Lima em Campo Grande. À policia, ele contou que confundiu com um aparelho digital de televisão e por isso pegou, mas se desfez do objeto jogando no Córrego Anhandui, próximo ao Parque Ayrton Sena.

A prisão ocorreu no inicio da semana na região do bairro Cabreúva. Conforme o delegado da Derf (Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos) responsável pelo caso Fábio Brandalise, a suspeita é que Ademir e o comparsa seguiam para cometer outro crime no momento em que foram pegos. “Na abordagem eles estavam com o mesmo carro usado no dia do crime (Pálio azul) e os mesmos equipamentos de arrombamento”, explicou o delegado.

Ademir foi preso, pois estava com mandado de prisão em aberto por outro furto. Já o comparsa, Anderson Rodrigues Torres de 29 anos que dirigia o veículo, foi ouvido, indiciado e liberado, por não ser flagrante, mas a polícia estuda a possibilidade de pedir a prisão preventiva dele. Ele disse que não chegou a ver o aparelho, muito menos viu o colega arremessar o objeto em direção ao córrego.

Ambos relataram que escolheram de forma aleatória a casa, uma rua de pouco movimento e com a residência vazia. Após o crime eles venderam os objetos, televisão, caixa de som e notebook. A TV e a caixa de som foram recuperadas em uma casa no Bairro Guanandi. O receptador foi identificado, mas ainda não foi localizado.

 

Delegado Fabio Brandalise, acredita que possam aparecer mais vítimas da dupla (Foto: Henrique Kawaminami)Delegado Fabio Brandalise, acredita que possam aparecer mais vítimas da dupla (Foto: Henrique Kawaminami)
Carro utilizado no crime (Foto: divulgação/ Polícia Civil)Carro utilizado no crime (Foto: divulgação/ Polícia Civil)

“Ademir mudou a versão várias vezes, mas acreditamos que ele se desfez do aparelho ao ver a repercussão que o caso deu”, conta Delegado Fábio. “Já fizemos várias buscas no local onde ele afirmou ter jogado e em outros pontos da cidade, mas ainda não localizamos o dispositivo da criança”, concluiu.

A polícia ainda acredita que possam aparecer outras vítimas da dupla, já que ambos têm várias passagens por furtos.

A criança estava com o aparelho desde abril do ano passado. Indicado para pessoas com perda auditiva de grau severo o aparelho é instalado após uma cirurgia específica para cada paciente. Dois implantes foram levados, um deles era emprestado.

Caros, os implantes são indispensáveis para melhorar a audição, mas também a rotina do menino que é autista e tem paralisia cerebral.

A tecnologia é avaliada em R$ 150 mil. Sem condições, a mãe da criança, Marciana Cassia Neto, 30 anos, disse ao Campo Grande News, que está organizando uma galinhada com bingo para tentar juntar dinheiro e refazer todo o procedimento. "Se consegui comprar o aparelho da mesma marca não precisará de cirurgia, mas se não for acredito que sim. De qualquer forma terei que pagar as programações, mapeamento e ativação", afirma a mãe.

Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions