A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

11/01/2017 09:31

Menina de 12 anos afirma que foi estuprada em festa com álcool e drogas

Viviane Oliveira e Marcus Moura
Caso foi registrado na Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo / Alcides Neto) Caso foi registrado na Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo / Alcides Neto)

A Polícia Civil investiga o caso de uma menina de 12 anos que pode ter sido estuprada durante uma festa, na noite de terça-feira (10), na região do Terminal Júlio de Castilho, em Campo Grande.

Conforme a delegada Elaine Benicasa, da Deam (Delegacia Especializa de Atendimento à Mulher), a adolescente contou que seguia para a igreja quando encontrou uma amiga, também menor de idade, que a convidou para ir a uma festa.

A garota aceitou e no local as duas consumiram bebidas alcoólicas e drogas. O tipo de entorpecente não foi detalhado pelas meninas. A vítima relatou ainda que em determinado momento, acabou adormecendo e ao acordar percebeu que havia sido violentada.

Ela então foi para a casa e contou a situação para os pais dela. A adolescente foi levada a uma unidade de saúde e de lá encaminhada pela Guarda Municipal à Casa da Mulher Brasileira. O caso deve ser investigado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Segundo a autoridade policial, a vítima disse que na festa havia vários homens e conhecia pelo menos dois deles. Se ficar comprovado que tinha maior de idade o caso vai para à Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude).

“Há indícios de estupro que será confirmado após a vítima passar por exame de corpo de delito já solicitado”, explicou a delegada. Durante depoimento, a adolescente relatou que não foi obrigada a beber e nem a se drogar.



E os donos da casa onde teve a festa?
 
Guilherme Arakaki em 11/01/2017 15:10:34
"menina de 12 anos" é ridículo imaginar que uma criança compareça a uma festa sem que os pais saibam. E mesmo que ela tenha desviado o caminho, qualquer reunião em igrejas tem horário para terminar, e onde estavam esses pais? Segundo a reportagem a menina adormeceu, e esse sono não deve ter sido rápido.
Cada dias mais temos pais/responsáveis ausentes, que não se preocupam com os filhos.
 
Ju em 11/01/2017 11:16:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions