A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/06/2011 15:18

Meninas brigam após saída da escola e se arriscam no meio da rua; veja o vídeo

Nadyenka Castro e Francisco Júnior

Testemunhas dizem que a confusão começou só porque uma sentou sobre o caderno da outra

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estiveram no local. (Foto: Simão Nogueira)Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estiveram no local. (Foto: Simão Nogueira)

Duas meninas brigaram em meio à uma rua movimentada do bairro Miguel Couto, em Campo Grande, logo após terem saído da Escola Municipal Arassuay de Castro, no fim da manhã desta sexta-feira. Testemunhas disseram que o motivo da briga foi porque uma sentou no caderno da outra.

A direção do colégio não quis se pronunciar sobre o assunto. Uma adolescente, também aluna da escola, contou ao Campo Grande News que tudo começou ainda no interior do colégio, quando uma sentou sobre o caderno da outra.

Ao ver a colega sobre o material escolar, a dona a ameaçou de agressão ao término das aulas. E a ameaça foi cumprida.

Entretanto, quem saiu com lesões foi a estudante que fez a ameaça. Ela ficou com arranhões perto do pescoço. A menina caiu ao chão e foi agredida.

Uma delas é quase atropelada por uma motocicleta. As duas estão uniformizadas.

Um adulto que viu a cena diz que a garota foi agredida por outras quatro. Já uma adolescente fala que as outras meninas foram ao local para separar a briga.

A cena foi registrada em vídeos pelos estudantes. As imagens foram distorcidas para não identificar os adolescentes, conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente.



falta de graça em duas adolecentes apanhando do meio da rua falta de levar uma surra da mae e do pai pra melhorar isso rapidinho bjos
 
ana clara borilho miranda em 13/06/2013 17:17:51
ESCOLA É PRA ESTUDAR NÃO PRA BRIGAR, SERÁ QUE ESSAS MENINAS NÃO TEM O QUE FAZER EM CASA,TÃO PPRESCISANDO LAVAR LOUÇAS E LIMPAR A CASA VER DE BRIGAR NA RUA. EU ACHO QUE O PREFEITO DEVIA COLOCAR GUARDA MUNICIPAL NAS ESCOLAS DE CAMPO GRANDE.


CADÊ OS PAIS DESSAS CRIATURAS?
 
INGRIDY SIQUEIRA NERES E KARINE DE MORAES SANTOS em 27/06/2012 08:29:17
Não acredito que atitude dessas meninas são por mal educação dada pelos pais,talvez um desequilibrio emocional do momento,que sejam encaminhadas a tratamento psicológico.Conheço pais que nunca sequer fumou um cigarro perto de um filho e que hoje o mesmo é usuário de drogas,e não porque viu exemplo,mais porque fez sua escolha pessoal... daí é que trago para nós criticos, os pais não podem pagar pelos erros dos filhos...então que se baixe a maioridade da Lei.
 
Zenilda Santos em 21/06/2011 10:42:46
eu sou mae da adolecente que foi agredida a minha filha quase foi morta e levou toda a culpa pela briga ate mesmo a diretora ficou a favor das outras alunas que ja estudam na escola a mais tempo ela pediu para mim transferir a minha filha de escola em nem um momentonao me senti segura essas garotas que agrediram a minha filha ja tao acostumada agredirem alunos no ponto de onibus andei perguntando funcionarios ali perto o sr da borracharia ja presensiou varias brigas dessas garotas que agrediu a minha filha me garantiu que minha filha nao queria brigar elas foram para cima da minha garotinha a minha filha tava sozinha elas em quatro eu me pergunto se o bombeiro eo sr borracheiro nao tivessse ajudado minha filha sera que ela estaria viva agora eu morro so de pensar nisso so de derruba um ser humano no chao e chutar como se fosse um saco de lixo isso e uma falta de educacao falta de amor por si propio isso que fizeram com a minha filha eu quero justica
 
lucilene alonso anchieta em 21/06/2011 05:36:23
A educação deve vir do berço; o professor é apenas um intrutor que prepara os alunos para adquirirem conhecimentos didáticos. Professor é responsável dentro da sala de aula e sòmente quando for o período de sua disciplina. No pátio do colégio a responsabilidade cabe a direção do colégio. Fora disto, cada um reflete a família que tem.
 
Ezio José em 18/06/2011 12:26:55
filhos deste tipo são as imagens de seus pais que não dão educação em casa, dai se envolvem em crimes maiores ,e vão falar mas são criança, dai vão visitar nas uneis da vida ou no cimiterio, se fossem meus filhos daria uma coça bem dada pra não esquecer pro resto da vida.depois vem o estatuto da criança e adolecente encher o saco,eu trabalhei desde seis anos de idade nunca entrei numa porta de delegacia nenhuma, meus amigos que não trabalharam a maioria está presa ou morta. bendito estatuto que só cria vagabundo
 
sergio sangalli em 18/06/2011 09:18:24
Isso que aconteceu não tem nada haver com falta de investimentou ou estrutura na educação; mas sim com falta de educação dada pelos pais, falta de amor, falta de carinho; as instituições de ensino, existem para nos transmitir conhecimento, e aprimorar a educação, que se acredita, estamos adquirindo em casa... não adianta vir com hipocresia e dizer, issa é culpa de governo, de prefeito, etc... não esta a responsabilidade da familia em educar os seus...

a educação em 1º lugar vem de casa...

se ha uma estrutura falha na educação, e se tem educação, amor, carinho em casa isso não teria acontecido...


e o principal, esta faltando Deus, na vida de muitas pessoas hj em dia... principalmente nossos jovens e criancas...
 
Pedro Augusto em 18/06/2011 07:52:45
Muitas vezes esse comportamneto agressivo é fruto da estrutura familiar. Para solucionar esses agravos, precisamos novamente valorizar a familia e incrstar novos valores na mente das crianças e adolescentes.
 
Francisco Elias de Castro em 18/06/2011 07:38:11
Ah então a culpa é do prefeito? Essas meninas precisam de educação e isso não é papel do estado é da família!
 
Clarice Mesquita em 18/06/2011 06:38:15
Lamentável... Mas isso é só a ponta do iceberg. Brigas como essas não estão só na frente das escolas mas também em postos de saúde e no trânsito, como ja foi publicado várias vezes neste site e nos telejornais da cidade. O que acontece com muitos cidadãos que estão chegando ao limite da intolerância? Certo dia li em uma placa na rua: Campo Grande, nossa gente é pela paz. Agora me pergunto: Até quando? É hora da sociedade acordar para a realidade. E não custa nada refrescar a memória de todos aqui... foi por causa de uma briga sem maiores motivos que um jovem trabalhador morreu em um bar na avenida mais badalada dos fins de semana na capital. Pais demonstrem amor pelos seus filhos pois amor gera amor, violência gera violência. E não confundam amar com acobertar irregularidades. Amar também é corrigir.
 
Jose Nogueira Neto em 18/06/2011 01:45:01
a violência não tem nenhum vinculo com o fato de ser na escola, dentro ou fora dela... mas sim com o fato de nossos jovens e criancas, estarem crescendo sem amor, educacao por parte de seus pais (isso é, se podemos chamar de pais)... hj em dia, é fácil culpar o estado pelo quesito educação... nas instituções de ensinos, adquirimos conhecimento, de várias matérias, e várias situações do dia-a-dia.... a educação, que forma e transforma o ser humano em um ser humano, vem de berço, de dentro de casa..

kd os pais das criaturas ???
 
Thiago Henrique em 17/06/2011 11:29:35
Pura falta de educação!!!
 
Magno Carvalho em 17/06/2011 10:34:00
Infelizmente isso é comum, acontece todos os dias, só falta ser gravado. Esses animais travestidos de adolescentes, resguardados por uma lei (ECA) irresponsável, agridem-se diáriamente no pátio das escolas. Pior, colocam em risco a vida também dos professores e serve de espelho para os pequenos que em breve estarão aprontando também!
 
Beatricy Bento em 17/06/2011 10:16:51
Até parece que o caro amigo Maurício nunca esteve ao término das aulas de alguma escola particular?Olhe não tem muita diferença das públicas!Os filhinhos de papai também mostram que são bons de porradas,de chutes e tudo mais.Esse problema de violência está envolvendo os jovens de todas as classes.Se envolvesse somente os proveniente das escolas públicas,com certeza o Cristiano Luna não teria feito o que fez?
O que está faltando para os nossos jovens são os valores,os princípios, que cada vez mais para eles estão fora de moda e os pais perderam totalmente a autoridade com seus filhos.É lamentável!
 
Dilamar A.Lopes em 17/06/2011 10:01:16
Culpa dos homens que fizeram a lei
 
Edson Kohagura em 17/06/2011 07:49:58
Falta de educação em casa pai e mãe acha que a escola tem obrigação de educar seus filhos....Só querem sair por ai fazendo filho e educar que é bom (.........) Pais assumam suas responsabilidades estas meninas num devem saber nem lavar o copo que usam o que elas fizeram é uma total falta de obrigação tá faltando ter comprometimento, cuidar da casa enquanto os pais trabalham se dedicar aos estudos devm ser péssimas alunas com as piores notas ....Tb com esta educação só devem pensar no inútil duvido que façam um curso extra curricular.
 
Mariluce Gomes de Alencar em 17/06/2011 07:46:13
Creio que está faltando é educação, educação aquela que vem de casa, pois hoje os pais são piores que os filhos. Que vergonha meninas....
 
Daniela Rodrigues em 17/06/2011 07:42:17
Pegar todos os comentários e analisar,veremos que o resultado são as leis do nosso país,os professores não podem mais falar com o aluno,os pais não podem madá-las para um tanque ou vender sorvete, conselheiras são iguais a perna- de-cobra e assim por diante,sinto muito professores e diretores da escola,vai sobrar para vocês, um pai segunda feira com reporteres de determinados programas querendo puní-los, boa sorte!
 
Jose Carlos de santana em 17/06/2011 07:02:10
Mais uma vez isso acontece em uma escola municipal pos a direçao esta mais preocupada em perseguir o professor que nao "da nota" acima da media para seus alunos .
nessas essas escolas os diretores estao mais preocupados com indice de aprovação pos com esse indice alto ele ganha mais em sua gratificação .
Hoje a escola virou um deposito de alunos onde so se preocupa-se com os indices e esquecem de ensinar por exemplo cidadania para os alunos.
Tambem culpo os pais que jogam seus filhos as escolas e esquecem de irem ate o local pos as coisas materiais estao sempre em primeiro lugar.
Pais vcs tambem sao culpados pq so oferecem presentes para seus filhos mais nao sabem combra-los.
Isso e um dasabafo de um professor com 30a. de sala ce aula .
 
carlos silva em 17/06/2011 06:19:50
Falta de surra em casa! Cadê o pai e a mãe pra corrigi uma hora dessas?
 
Laís Helena em 17/06/2011 05:59:18
Fácil resolver: Sr. Prefeito estruture a Guarda Municipal e faça ela realizar rondas nas escolas de Campo Grande. Garanto que vai diminuir muito esses fatos.
 
Leonardo da Costa Silva em 17/06/2011 05:45:05
Com o ECA "Estatuto da Criança e Adolecente", o que ja estava ruim, piorou.....Os nossos jovens não são da Suíça ou Japão (Ex.), nossos jovens tem que trabalhar!!!!
E principalmente os políticos de lá não são tão CORRUPTOS como os nossos!!!
 
denilson em 17/06/2011 05:36:43
Isso é consequencia da falta de estrutura na educação. Enquanto jogadores de futebol, cantores de varios generos, politicos (pallocci) recebem fortunas pelo seu trabalho e por outro lado professores recebendo baixo salario, veremos com certeza essa cena se repetir por muitas vezes, hospitais lotados e pessoas morrendo nas filas, assaltos em casas e nas ruas, atendimento medico somente para depois de tres meses, sendo necessario a construcao de mais penitenciarias.
Vamos acordar desse sono profundo, veja a complicação de um professor teria se falasse um pouco mais alto com umas dessas meninas, com certeza as alunas sairiam como vitima e o professor sempre como o culpado e despreparado.
 
Rodrigo Carvalho em 17/06/2011 05:34:52
Eu acho que se soudermos a resposta da pergunta de o porque isso só acontece nas escolas publicas, saberemos resolver tais fatos.
Parecem animais vadios que querem marcar territorio,.
 
mauricio alandislau em 17/06/2011 04:54:57
É parece que as pessoas não estão querendo evoluir, uma coisa que na escola deveria estar acontecendo mas, é totalmente o contrario mas fazer o que né, triste fim desta juventude.........
 
joao souza em 17/06/2011 04:44:03
Já estamos com tantos problemas na cidade, agora brigar somente porque a outra sentou no caderno da outra para não sujar a calça !!! Isso seria a hora de fazer uma reflexão como esta ficando violento cada vez mais as escolas e a propria cidade !!! Vamos mudar isso, fazer uma diferença em nosso estado ... Chega de tanta baixaria
 
joão Thalles em 17/06/2011 04:13:31
Essa menina, que sentou em cima dos cadernos da outra, estava procurando encrenca.
O que está faltando pra ela... é uma pia cheia de louças e outros afazeres domésticos!!
 
Joanne Pereira em 17/06/2011 04:05:56
Que comportamento lindo!!! Vão estudar e trabalhar...não disperdissem energia com inutilidade e violência...
 
Patricia Maria em 17/06/2011 04:00:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions