A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

19/01/2019 07:47

Morador de rua tenta furtar veículo de garagem e é linchado por vizinhos

Vítima acordou com barulhos dento de casa e gritou por socorro

Bruna Pasche e Mirian Machado
Alexsandro foi linchado por moradores e precisou de atendimento médico. (Foto: Henrique Kawaminami)Alexsandro foi linchado por moradores e precisou de atendimento médico. (Foto: Henrique Kawaminami)

Alexsandro da Silva Franco, de 34 anos, foi agredido por moradores do bairro Cabreúva depois de tentar furtar um veículo de dentro de uma residência na rua Jacarandá e ser flagrado pelos proprietários por volta das 4h30 da madrugada deste sábado (19).

Conforme informações da Polícia Militar, o autor é morador de rua e já possui várias passagens pela polícia por furto e roubo. Nesta madrugada, ele pulou o muro da residência e entrou até a garagem da casa pelo telhado. Entrou em um veículo modelo gol de cor preta e tentava ligar o carro com um garfo quando os proprietários perceberam ação.

Eles trancaram Alexsandro dentro do veículo e acionaram a polícia, mas antes, o retiraram e lincharam o autor no meio da rua. À polícia, os moradores informaram que Alexsandro aparentava estar armado com uma faca.

A proprietária da casa e do veículo, uma jovem de 21 anos, contou que estava dormindo em casa com o primo e uma amiga quando foi acordada com a notícia. “Nós chegamos em casa por volta das 3h e dormimos. Pouco tempo depois meu primo me acordou falando que tinha alguém na garagem tentando entrar no carro, ai ele acionou o alarme para ele não escapar e deixamos ele lá dentro por uns 20 minutos”.

Vítima que preferiu não se identificar, relatou que acordou no susto com a tentativa de furto. (Foto: Henrique Kawaminami)Vítima que preferiu não se identificar, relatou que acordou no susto com a tentativa de furto. (Foto: Henrique Kawaminami)

A jovem gritou por socorro e os vizinhos que acordaram com o barulho, foram até o local e tiraram Alexsandro do carro o agredindo com socos e chutes. Ao chegar ao local, os militares encontraram o autor no chão, amarrado por uma corda, ensanguentado e desorientado devido as agressões.

Ainda segundo a PM, ele foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), do bairro Coronel Antonino e posteriormente para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro, bastante machucado nas pernas, mãos, cabeça, braços e com a camisa manchada de sangue.

“Fiquei muito assustada, o bairro não é muito seguro, sempre tem roubo e furto nessa região, mas na minha casa é a primeira vez”, concluiu a vítima.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions