ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, DOMINGO  03    CAMPO GRANDE 26º

Capital

“Moranguinho”, ladrão conhecido no norte da Capital, leva tiro na cabeça

Maicon Anderson Vieira Duarte, vítima atentado no início da noite de hoje, tem ficha extensa na polícia

Anahi Zurutuza e Kísie Ainoã | 01/09/2022 18:46
Momento em que bombeiros faziam os primeiros socorros. (Foto: Kísie Ainoã)
Momento em que bombeiros faziam os primeiros socorros. (Foto: Kísie Ainoã)

Maicon Anderson Vieira Duarte, de 35 anos, foi vítima de atentado a tiros no início da noite desta quinta-feira (1º), no Bairro Mata do Jacinto – no norte de Campo Grande. Conhecido na região como “Moranguinho”, ele é dono de ficha extensa na polícia e responde a 5 processos na Justiça por furto.

A vítima da tentativa de execução estava livre da cadeia há pouco mais de um mês – desde o dia 26 de julho, conforme o alvará de soltura anexado em uma das ações pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Ex-mulher da vítima, de 33 anos, estava no local e, na condição de anonimato, contou que o motivo da separação do casal foi justamente as ameaças que ele recebia. “Quando ele me conheceu, eu até sustentava ele para ele não roubar. Mas não deu mais, por causa das crianças. Ele recebia muita ameaça, roubava e o pessoal dava parte, mas não adiantava”, revelou.

Mãe de uma menina de 3 anos, que não é filha de Maicon, ela explica que ele não é de Mato Grosso do Sul, mas chegou ao Estado há cerca de dois anos, junto com carregamento de morangos – daí o apelido – para o Ceasa (Central de Abastecimento) de Campo Grande, quando decidiu fica na Capital. “Ele era trabalhador, mas aí foi ficando, ficando, parou de trabalhar e deu nisso aí”.

A ex-mulher conta ainda que pretendia que a família dele, avô ou pai, que também trabalham com as cargas de morango, o levassem de volta para Santa Catarina.

Conforme as denúncias oferecidas contra “Moranguinho”, ele furtou estabelecimentos comerciais nos bairros Coronel Antonino, Monte Castelo, Carandá Bosque, todos na região norte da cidade.

Maicon foi atendido pelo Corpo de Bombeiros na Rua Areti Deligeorges Vavas. Depois de estabilizado, foi levado em estado gravíssimo para a Santa Casa de Campo Grande. O tiro causou exposição da massa encefálica.

Nos siga no Google Notícias